Blogs | Blog do Dresch - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014

01/10/2014 00:35

                   Maceió vai sediar, em Novembro, o Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas, cuja previsão é trazer para a capital alagoana mais de 1.300 participantes. O evento vai contar com apoio do Governo do Estado, segundo garantia dado aos organizadores pelo governador Teotonio Vilela Filho. O Presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do São Francisco, Anivaldo de Miranda salientou a importância do encontro para promover uma mudança cultural, “que deve ser redirecionada não só para as demandas, mas, sobretudo para a oferta de água”.

 

Risco cardiovascular

                   Na passagem do Dia Mundial do Coração, comemorado esta semana, as entidades voltadas ao combate às doenças cardiovasculares, voltaram a alertar para a necessidade da prevenção acima de tudo. Atividades físicas e alimentação saudável, eis os aspectos fundamentais para se prevenir das doenças que mais matam em todo o mundo. No Brasil, ocorrem entre 300 mil a 400 mil mortes todo o ano devido às doenças cardiovasculares, principalmente a doença isquêmica do coração (infarto agudo do miocárdio) e as doenças cerebrovasculares, os chamados acidentes vasculares cerebrais. Por isso é muito importante que as pessoas que já sofram com doenças como hipertensão e diabetes, possam fazer o devido controle, assim como evitar o fumo e evitar o excesso de bebida alcoólica. Segundo a Sociedade Brasileira de Hipertensão, um em cada três brasileiros em idade adulta sofre com a pressão arterial elevada. No Brasil a mortalidade relacionada à doença arterial coronariana oscila entre 11,3 e 2,5 óbitos por 100 mil habitantes. Por outro lado os cardiologistas garantem que a atividade física reduz em até 45% a mortalidade cardiovascular. Por isso é importante que as pessoas saiam do sedentarismo e também busquem uma alimentação adequada evitando o consumo de gorduras animais saturadas que é outro fator de risco ao sistema cardiovascular.

 

Consignado ampliado

                   Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) que contratarem empréstimo consignado a partir desta quarta feira (1) poderão parcelar o pagamento em até seis anos (72 meses). Antes o prazo do parcelamento era de cinco anos (60 meses). A possibilidade de tomar o empréstimo com o prazo mais dilatado foi publicado em portaria do INSS publicada no Diário Oficial da União da última segunda feira, após ter sido aprovada e recomendada pelo Conselho Nacional da Previdência Social.

Consignado ampliado 2

                   A ampliação do prazo de pagamento também será aplicada ao cartão de crédito dos aposentados e pensionistas. A decisão esta em linha com as politicas adotadas pelo governo de estímulo ao crédito. Ele ressaltou ainda que a taxa de juros para o crédito consignado foi mantido em 2,14%. Se todos os beneficiários do INSS refinanciarem suas dívidas ou se todas as novas operações forem feitas pelo prazo de 72 meses, o volume de crédito teria um potencial máximo de crescimento de R$ 23,7 bilhões ao longo de 12 meses, segundo cálculos do Ministério da Previdência.

De olho na eleição

                   Enviados especiais de 24 países, além de membros de organizações internacionais como a Organização dos Estados Americanos (OEA) já confirmaram que vão estar no Brasil para acompanhar as eleições do próximo Domingo, dia 5. Representantes de países como Angola, Zâmbia, Nicarágua, Canadá, Romênia e Republica Dominicana querem observar como funciona a votação pelo sistema eletrônico. Um grupo formado por mais de 60 pessoas desembarcam no Brasil três dias antes do pleito, e vão acompanhar palestras sobre a organização das eleições gerais no Brasil, e visitarão o Congresso Nacional, o Supremo Tribunal Federal, o Museu do Voto no Tribunal Superior Eleitoral.

De olho na eleição 2

                   Os representantes internacionais, no dia da eleição vão acompanhar o trabalho das seções eleitorais desde a abertura das urnas, o desenrolar da eleição até o final da contagem dos votos. O TSE ofereceu seis opções de capitais para que os convidados acompanhassem o dia da votação, mas todos os interessados, com exceção da comitiva de Camarões que escolheu São Paulo, preferiram acompanhar a votação em Brasília. O TSE considera que a visita dos representantes internacionais reflete o reconhecimento da comunidade mundial a excelência do modelo eleitoral brasileiro.

Concurso da Federal

                   Já foi publicado o edital do concurso que abre 600 vagas para agente da Polícia Federal, cargo que exige o ensino superior completo em qualquer área e carteira de habilitação. O salário inicial é de R$ 7.887,33, além do auxílio alimentação de R$ 373 mensais. A partir de Janeiro o salário aumenta para R$ 9.074,59 uma vez que o reajuste já foi autorizado. As inscrições começam no próximo dia 6 e se encerram no dia 26, no site da Cespe/UNB, e custam R$ 150. As provas acontecem no dia 21 de Dezembro e as vagas serão ocupadas, preferencialmente em estados de fronteira.

 

  • “Retrato em Retalhos” é o nome do espetáculo que a cantora alagoana Myrna apresenta nesta quinta feira (2), no projeto Quinta no Arena.
  • Apesar de muito jovem, Myrna acumula uma trajetória reconhecida na cena musical alagoana, tendo participado de diversos festivais de musica, musicais, shows, espetáculos além de ter obtido uma fantástica experiência nos anos em que participou do Coretfal.
  • Natural de Palmeira dos Índios, Myrna agora lança seu trabalho autoral “Retrato em Retalhos” onde divide o palco com músicos talentosos alagoanos como Toni Augusto (guitarra e arranjos), Van Silva (baixo) e Márcio Cavalcante (bateria).
  • No repertório, canções próprias e também do compositor Arnaud Borges, que também participa da direção musical.
  • “Retrato em Retalhos” da cantora alagoana Myrna será mostrado no palco do Teatro de Arena Sérgio Cardoso, a partir das 19h desta quinta feira, com os ingressos naquele precinho prá lá de camarada: R$ 10 e R$  5 a meia entrada.

30/09/2014 00:12

               Nesta campanha eleitoral, artistas e celebridades não têm escondido suas preferências aos candidatos à Presidência da República. Se antes havia um certo temor no posicionamento político, para não melindrar amizades ou até nas questões profissionais, agora a declaração de voto é aberta, inclusive com aparições no Guia Eleitoral. Na sua maioria, artistas e intelectuais permanecem com o apoio á reeleição de Dilma Rousseff. É o caso do cantor e compositor Chico Buarque, das cantoras Alcione, Beth, Carvalho, Elza Soares dos atores Hugo Carvana, Chico Diaz, Camila Pitanga, Henri Castelli e centenas de outras celebridades que não se acanham em pedir votos para a Presidente.

Cabos eleitorais de luxo 2

                   Com a candidata Marina Silva (PSB) aparecem vários outros cantores, atores e atrizes e intelectuais brasileiros no apoio à sua candidatura. É o caso de Gilberto Gil (ex-ministro de Lula), Marco Nanini, Marcos Palmeira, Leandra Leal, o cineasta Fernando Meirelles e o cantor Dinho Ouro Preto. Já manifestaram apoio ao candidato Aécio Neves, do PSDB, as duplas Chitãozinho e Xororó, Zezé de Camargo e Luciano, os cantores Renato Teixeira e Raimundo Fagner e os atores Mauro Mendonça, Eri Johnson e Marcelo Madureira e o ex-jogador Zico e o técnico da Seleção Brasileira de Vôlei, Bernardinho.

 

Respeito aos idosos

                   Falando para mais de 40 mil idosos na Praça de São Pedro, no Vaticano, o Papa Francisco defendeu o tratamento justo e digno para os idosos de todo o mundo. Segundo ele, nem todos os avôs e avós têm uma família para lhes acolher, e por isso mesmo, os abrigos e institutos para idosos são bem-vindos, desde que sejam realmente “casas e não prisões”. O Papa ressaltou ainda que os lares precisam ser realmente locais de atendimento e não para os interesses de alguém. "As residências devem ser pulmões da humanidade em um país, um bairro ou em uma paróquia. Devem ser santuários de humanidade, onde quem é velho e débil é cuidado como um irmão mais velho” afirmou. Para Francisco, um povo que não cuida dos seus idosos, dos seus avós e os maltrata é um povo sem futuro, pois perde a memória e vive separado das próprias raízes. “Uma das coisas mais belas em uma família é poder acariciar uma criança e deixar-se acariciar pelo avô ou pela avó” disse. No Brasil há vários casos de denúncias contra casas de acolhimento de idosos. De acordo com o Sistema Único de Assistência Social, no ano passado existiam 1.167 instituições de acolhimento cadastradas, que recebiam 44.416 pessoas idosas. Cabe aos estados o acompanhamento da gestão do sistema e o monitoramento dos serviços socioassistenciais aos municípios. Em caso de denúncias, os gestores são notificados e devem prestar esclarecimentos.

 

Junta Comercial em alta

                   A Junta Comercial de Alagoas (Juceal) esta participando, desde ontem, em Bogotá, na Colômbia, do encontro da Associação de Registradores de Empresas da América Latina e do Caribe. A junta alagoana representará o Brasil juntamente com a Junta Comercial do Rio de Janeiro. Ambas mostrarão no evento os detalhes de implantação e habilitação da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização para Empresas e Negócios (Redesin). Alagoas é o único estado do país que tem todos os seus municípios implantados no sistema.

Surto de Ebola cresce

                   De acordo com as últimas estatísticas da Organização Mundial da Saúde (OMS) as mortes causadas pelo vírus Ebola na África Ocidental já chegaram a 3.083, enquanto que o número de infectados passa dos 6,5 mil nos três países mais afetados: Libéria, Guiné e Serra Leoa. Até agora, somente na Libéria, 1.830 pessoas morreram no atual surto do Ebola, que começou no inicio do ano. Ainda segundo a OMS, 605 pessoas morreram em Serra Leoa e 648 morreram na Guiné. O relatório da OMS destaca o risco a que estão submetidos os profissionais da saúde que trabalham para conter o surto: 211 deles morreram por conta do vírus e 376 foram contagiados.

Surto de Ebola cresce 2

                   Em Serra Leoa o governo ampliou a quarentena que limita a circulação de pessoas no país. Mais de um terço dos 6,1 milhões de habitantes estão impedidos de se movimentar livremente. O número de infectados e de mortos tem aumentado consideravelmente na capital Freetown. Já na Libéria, a vice-ministra de Saúde, Bernice Dahm, se autoimpôs uma quarentena depois de um funcionário seu ter morrido em consequência do Ebola. Ela disse que permanecerá em casa por 21 dias, tempo de incubação do vírus. Ela é a principal autoridade médica do país e tem defendido o isolamento para seus compatriotas.

Surto de Ebola cresce 3

                   O Fundo Monetário Internacional (FMI) aprovou na última sexta feira, fundos assistenciais no valor de US$ 130 milhões para serem aplicados nos três países mais afetados pelo Ebola. O Banco Mundial anunciou também a destinação de mais US$ 170 milhões para o combate ao vírus. A instituição já havia doado US$ 230 milhões com o mesmo objetivo. O Banco defende “uma reação sem paralelo para prevenir a destruição do continente”. O presidente dos EUA, Barack Obama, disse que o mundo precisa agir mais rapidamente contra o surto do vírus no leste do continente. “Ainda há uma lacuna muito grande entre onde estamos e onde deveríamos estar” disse Obama recentemente.

 

 

  • Terá inicio nesta quarta feira (1), após um mês de testes. A implantação do sistema sincronizado dos semáforos, batizado de “Onda Verde”. O novo sistema vai beneficiar usuários das Avenidas Durval de Góis Monteiro e Fernandes Lima.
  • A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) considerou que os resultados na fase de testes foram bastante positivos, dando maior fluidez ao trânsito de veículos nas duas Avenidas.
  • O nome do projeto (Onda Verde) se refere á cor verde dos semáforos e à sincronia dos mesmos no percurso realizado pelos motoristas que trafegam nas Avenidas.
  • Porém, para que o fluxo de veículos ocorra com fluidez, é importante que o motorista mantenha uma velocidade média de 50 km/h, assim todos serão beneficiados.
  • A SMTT também desenvolve projetos para implantação do mesmo sistema em outras avenidas de grande fluxo na capital, como na Thomás Espíndola e na Gustavo Paiva.

 

27/09/2014 22:24

                   O astro argentino Diego Maradona disse esta semana em uma entrevista a um canal de televisão, que se não fosse pelo seu vício de drogas teria sido um jogador ainda mais notável do que foi. O argentino, que há muito tempo declara que conseguiu se livrar do vício, admitiu que sua vida “não foi nada normal” e que hoje, aos 53 anos, se sente como se tivesse 78 anos. “Graças a Deus que pude dar às pessoas sorrisos e muita alegria” disse Maradona lembrando os êxitos que obteve pela seleção da Argentina, o principal deles, quando conquistou a Copa do Mundo em 1986 no México, com atuações geniais.

 

Abortos fatais

                   A morte de duas mulheres por procedimentos abortivos clandestinos e mal sucedidos, na cidade do Rio de Janeiro, voltou a trazer o aborto para a discussão do dia a dia no país. Até a ONG Anistia Internacional se posicionou repudiando a criminalização da prática e defendendo numa discussão mais ampla sob a ótica dos direitos humanos. As mortes reforçam a “urgência do debate sobre o tema no país” diz a nota da Anistia, que defende abertamente que o aborto não seja visto como uma questão criminal e sim de saúde pública e de direitos humanos. “O aborto inseguro é a quinta causa de morte materna no país, segundo o DataSus” garante a ONG. Segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 1 milhão de abortos ocorrem por ano no país, ou seja, mesmo proibido, as mulheres não deixam de recorrer ao procedimento, e se exporem a este tipo de situação. Este é um tema que não pode ficar de fora da agenda pública nacional, principalmente em um momento importante que antecede a eleição presidencial. Jandira Magdalena dos Santos Cruz, de 27 anos, e Elizângela Barbosa, de 32 anos, morreram em consequência da prática do aborto em clinicas clandestinas. A Anistia Internacional integra a campanha internacional “Meu corpo, meus direitos” que apela aos governos de todo o mundo, pelo respeito aos direitos sexuais reprodutivos, para que eles sejam encarados como ”direitos humanos universais, indivisíveis e inegáveis”.

Abortos fatais

                   A morte de duas mulheres por procedimentos abortivos clandestinos e mal sucedidos, na cidade do Rio de Janeiro, voltou a trazer o aborto para a discussão do dia a dia no país. Até a ONG Anistia Internacional se posicionou repudiando a criminalização da prática e defendendo numa discussão mais ampla sob a ótica dos direitos humanos. As mortes reforçam a “urgência do debate sobre o tema no país” diz a nota da Anistia, que defende abertamente que o aborto não seja visto como uma questão criminal e sim de saúde pública e de direitos humanos. “O aborto inseguro é a quinta causa de morte materna no país, segundo o DataSus” garante a ONG. Segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 1 milhão de abortos ocorrem por ano no país, ou seja, mesmo proibido, as mulheres não deixam de recorrer ao procedimento, e se exporem a este tipo de situação. Este é um tema que não pode ficar de fora da agenda pública nacional, principalmente em um momento importante que antecede a eleição presidencial. Jandira Magdalena dos Santos Cruz, de 27 anos, e Elizângela Barbosa, de 32 anos, morreram em consequência da prática do aborto em clinicas clandestinas. A Anistia Internacional integra a campanha internacional “Meu corpo, meus direitos” que apela aos governos de todo o mundo, pelo respeito aos direitos sexuais reprodutivos, para que eles sejam encarados como ”direitos humanos universais, indivisíveis e inegáveis”.


 

População indígena

                   A América Latina tem hoje, cerca de 45 milhões de indígenas vivendo em 826 comunidades que representam 8,3% da população. Os dados são do relatório Povos Indígenas na América Latina: Progressos da Última Década e Desafios para Garantir seus Direitos, lançado nas Nações Unidas em Nova York. Segundo o relatório, o número de 45 milhões de indígenas em 2010 representa um aumento de 49,3% em dez anos. Em relatório de 2004, estimava-se que existiam 30 milhões de indígenas, distribuídos em 642 povos. Dos 45 milhões de indígenas, 17 milhões vivem no México e 7 milhões no Peru. Entretanto, os países com maior proporção de população indígena são Bolívia (62,2%), Guatemala (41%), Peru (24%) e México (15,1%).

População indígena 2

                   O Brasil tem cerca de 900 mil indígenas e conta com o maior numero de comunidades (305), seguido pela Colômbia (102), Peru (85), México (78) e Bolívia com 39. No entanto, muitas comunidades estão em perigo de desaparecimento físico ou cultural, como 70 povos em risco no Brasil, 35 na Colômbia e 13 na Bolívia. Por outro lado existem 200 povos indígenas em isolamento voluntário na Bolívia, no Brasil, na Colômbia, no Equador, no Paraguai, no Peru e na Venezuela.

População indígena 3

                   O estudo registrou ainda avanços em relação ao reconhecimento dos direitos territoriais, demarcação e títulos de terras, apesar de ainda existirem inúmeros desafios. Calcula-se que até 2013 existiam mais de 200 conflitos em territórios indígenas. Tambem registrou-se um crescimento na participação política dos indígenas, com um contínuo fortalecimento das suas organizações e o estabelecimento de alianças para atuação política, mas permanece escassa a representação desses povos em orgãos dos Poderes de Estado.

Ebola ameaça a paz

                   A epidemia do vírus Ebola na África ocidental não é apenas uma emergência sanitária, mas também “uma crise humanitária, social e econômica e uma ameaça para a paz e a segurança internacional”. O alerta foi dado esta semana pela diretora da Organização Mundial da Saúde, Margaret Chan, ao defender uma posição mais ampla dos países membros da ONU. Ela divulgou ainda um documento cobrando o fim das restrições a viagens às nações que sofrem com a epidemia, para não deixá-las no isolamento e dificultar o combate ao vírus. Nesta semana, uma missão especial de emergência, batizada de Unmeer chega à Africa para enfrentar a disseminação do Ebola para outros países africanos.

Festival de flores

                   Permanece na Praça Deodoro, no centro da capital, o Festival de Flores de Holambra, aberto no último dia 25 e que assim permanece à visitação pública até o próximo Domingo, dia 5. As plantas são trazidas de Holambra, do interior de São Paulo e podem ser admiradas ou adquiridas pela população. O Festival, agora na sua sétima edição, é um evento beneficente, realizado pelo Centro Espírita União do Vegetal, em parceria com a Cooperativa de Flores de Holambra. Parte dos resultados obtidos com a venda das flores será revertida para ações assistenciais desenvolvidas pelo Centro em Alagoas.

 

  • A versátil e talentosa Fernanda Guimarães faz hoje no Teatro Deodoro, o show de despedida do seu primeiro disco “Verbo Livre”, que acabou sendo um marco na sua carreira artística.
  • O disco foi gravado no Rio de Janeiro há quatro anos e é considerado como uma etapa de fortalecimento de sua carreira, e na abertura de mercado.
  • A produção musical do disco e do show é de Cai Costa, da Kalango Música, e a banda que acompanha Fernanda Guimarães é formada por profissionais reconhecidos no meio musical alagoano.
  • Carlos Bala, China Cunha, Dinho Zampier, Ykson Nascimento e Jaques Setton acompanham a cantora no show, sendo que Setton também assina a direção musical.
  • Fernanda Guimarães diz que fez poucos shows do “Verbo Livre” mesmo com algumas musicas fazendo sucesso e com clipes que foram bem recebidos pelo público admirador.
  • O show “Verbo Livre” da cantora Fernanda Guimarães e sua banda acontece no Teatro Deodoro, às 19h30 deste Domingo (28) com ingressos custando R$ 20. Quem é doido de perder?

 

26/09/2014 23:54

                   A Câmara Municipal de Maceió aprovou projeto de lei de autoria do vereador Wilson Júnior (PDT), que estabelece uma multa de R$ 50, para o cidadão que for flagrado jogando lixo em locais públicos da capital alagoana. O projeto agora será encaminhado ao prefeito Rui Palmeira, para sanção ou veto ao mesmo. Segundo o vereador autor do projeto, o Projeto deverá ser ainda regulamentado, sendo que a verba recolhida pelas penalizações será revertida ás ações desenvolvidas pela Superintendência Municipal de Limpeza Urbana (SLUM). Wilson Júnior justificou seu projeto como sendo de caráter pedagógico, para conscientizar a população sobre os malefícios causados pelo acúmulo de lixo nas ruas.

Se sujar, vai pagar 2

                   Um projeto semelhante foi implantado na cidade do Rio de Janeiro, e tem apresentado aspectos positivos. O de Maceió é bastante semelhante, e estabelece que as penalidades sejam estabelecidas através de auto de infração lavrado contra que for pego jogando o lixo no chão. O auto conterá informações como local, hora, data e hora da lavratura; qualificação do autuado; descrição do fato da infração; dispositivo legal do infringido; a identificação do agente e sua assinatura. Quando o infrator dificultar o cumprimento da lei pelo agente responsável pela fiscalização e execução das multas, será acionada a força policial.

 

Mosquito contra dengue

                   O Brasil deu inicio esta semana, de um dos mais eficazes métodos de combate à dengue. Pesquisadores da Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz) começaram a liberar na natureza mosquitos Aedes Aegypti que não transmitem o vírus da dengue. O primeiro local escolhido para os testes foi Tubiacanga, na Ilha do Governador, zona norte do Rio de Janeiro. Este mesmo método também esta passando por testes na Austrália, Vietnã e Indonésia. Os ovos destes mosquitos foram contaminados com a bactéria Wolbachia que atua como uma espécie de vacina contra o vírus da dengue. Ela impede que o vírus se multiplique no organismo do mosquito e deixe de transmitir a doença. Esta bactéria também atua na reprodução dos insetos e com isso é transmitida naturalmente para as gerações seguintes de mosquitos e o método se torna autossustentável. A pesquisa com a Wolbachia começou na Universidade de Monash, na Austrália em 2008. A ideia era fazer com que a bactéria reduzisse o tempo de vida do Aedes, mas acabaram descobrindo que ela também afeta a reprodução e bloqueia a multiplicação do vírus. No Brasil os estudos começaram em 2012, sendo que os pesquisadores capturaram mosquitos dos locais onde os testes serão feitos, estudaram essas regiões e criaram os mosquitos contaminados em laboratório. Cerca de 10 mil insetos serão liberados semanalmente em Tubiacanga, durante quatro meses. Em seguida os testes serão feitos nos bairros da Urca e Vila Valqueire, no Rio, e em Jurujuba, em Niterói.

 

Propaganda nada gratuita

                   A estimativa da Receita Federal divulgada esta semana é de que a propaganda eleitoral, veiculada no rádio e na televisão aberta, tenha um custo este ano na ordem de R$ 839 milhões. E quem paga esta conta é o consumidor, já que os partidos e os políticos que utilizam o espaço nada pagam por ele. Como a quantia é descontada dos impostos pagos pelas empresas de comunicação, a União deixa de arrecadar o total citado. Como a renúncia fiscal é considerada gasto tributário, a conta sobra para nós, pobres e explorados contribuintes.

Propaganda nada gratuita 2

                   Os mais de R$ 839 milhões estimados pela Receita para a propaganda (no período de 19 de Agosto a 24 de Outubro) representam um aumento de quase 39% em relação aos R$ 604 milhões que deixaram de ser recolhidos aos cofres públicos nas eleições gerais (como agora) de 2010. O cálculo não leva em consideração a inflação do período.  O valor da restituição ás empresas exibidoras do horário eleitoral é calculado a partir de uma fórmula complexa, cuja aferição depende do acesso às tabelas de preços do mercado cobrados pela exibição publicitária. Os valores variam de acordo conforme a audiência do veículo, o horário de exibição, a região e a época. Os preços cobrados pelos veículos de comunicação devem ser públicos e previamente fixados.

Empréstimos do Flamengo

                   Se no Campeonato Brasileiro o time “mais querido do Brasil” luta por uma melhor posição na tabela, na parte financeira a salvação do Flamengo esta nos empréstimos bancários.  Nesta semana o rubro-negro encaminhou um pedido para a Caixa Econômica Federal para um empréstimo de R$ 15 milhões. A diretoria explica que o dinheiro é necessário para cumprir o orçamento que foi readequado. Para liberar o empréstimo, a CEF quer encaminhar a renovação do contrato de patrocínio que termina em Maio de 2015, nos mesmos moldes em que ele foi feito.

Empréstimos do Flamengo 2

                   Havia uma previsão no orçamento inicial deste ano de R$ 35,5 milhões pré-aprovados para empréstimos pelo Flamengo. Após a readequação, o montante chegou a R$ 63,5 milhões, sendo que o clube já pegou R$ 42 milhões, sendo R$ 18 milhões somente de adiantamentos. No inicio do ano, o clube pegou R$ 18 milhões com o Complexo Maracanã Entretenimento S.A., depois outros R$ 9 milhões. Em Junho, R$ 5 milhões foram emprestados pelo Banco BMG. Outros R$ 10 milhões foram obtidos junto ao Banco Modal, dando como garantia os passes do volante Canteros e do atacante Paulinho.

 

 

  • O Conselho Nacional de Previdência Social aprovou e recomendou ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) elevar de cinco para seis anos o prazo máximo para operações de crédito consignado para aposentados e pensionistas.
  • A elevação do prazo para quitar o pagamento tem como objetivo aquecer a retomada do crédito no país. O prazo será ampliado, mas as taxas de juros serão mantidas.
  • O Conselho fixa em 2,14% ao mês, o teto da taxa de juros para o empréstimo consignado, e 3,06% para o cartão de crédito consignado.
  • De acordo com a Previdência Social, dos 25 milhões de beneficiários que reúnem as condições necessárias para a obtenção do crédito consignado, cerca de 55% deles utilizam esse recurso.
  • O Conselho recomendou ainda a manutenção da margem consignável, que é o valor máximo da renda a ser comprometida, em 30% do valor da aposentadoria ou pensão recebida pelo beneficiário.

 

26/09/2014 00:02

                  O Governo do Estado decidiu imprimir um ritmo acelerado neste fim de ano. “Vamos inaugurar 300 obras em pouco mais de 90 dias” assegurou o governador Teotonio Vilela Filho, que entrega o cargo em 1º de Janeiro de 2015 para seu sucessor. Ele disse que serão inauguradas três obras a cada dia, todas voltadas à prestação de serviços para a população. Segundo o Governador, são obras que estão em andamento e que terão destaque após o período eleitoral. Teotonio Vilela Filho tem certeza absoluta que a população reconhecerá o seu trabalho no enfrentamento das dificuldades que o Estado teve de encarar nos últimos anos, como a pior seca dos últimos cem anos e a pior cheia também dos últimos cem anos, além de outros transtornos e obstáculos que tiveram de ser superados, explicou o Governador.

 

Aumenta doação de orgãos

                   Nos últimos seis anos, o número de doadores de orgãos no Brasil aumentou 89,7%, passando de 1.350 em 2008, para 2.562 em 2013. No mesmo período, o indicador nacional de doadores por milhão de habitantes subiu de 5,8 para 13,4 enquanto a fila de espera para transplante caiu de 64.774 mil para 37.736 mil (41,7%). As informações são do Ministério da Saúde e apontam ainda que, nos primeiros seis meses deste ano, o país realizou 11,4 mil transplantes. Desse total, 6,6 mil foram cirurgias de córnea, 3,7 mil de orgãos sólidos (coração, fígado, rim, pâncreas e pulmão) e 965 de medula óssea. Em 2013 foram realizados 23.457 transplantes. A estimativa é de que o Brasil deve atingir a meta de 14 doadores por milhão de habitantes até o final do ano, sendo o país latino-americano com maior percentual de aceitação familiar para a doação de orgãos. Das famílias brasileiras com situações de morte encefálica, 56% autorizaram a retirada dos orgãos. Na Argentina o índice é de 52,8%, no Uruguai de 52,6% e no Chile, 51,1%. Apesar dos avanços, o ministério lançou uma campanha para aumentar ainda mais a adesão das famílias à doação de orgãos, com o objetivo de conscientizar os familiares para a importância da autorização do procedimento, quando a situação do paciente for irreversível. O governo também lançou um aplicativo no Facebook para notificar familiares no momento em que o usuário da rede social se declarar como doador de orgãos.


Rigor nos aeroportos

                   A partir de Janeiro do próximo ano, a Receita Federal utilizará um novo sistema para fiscalização de passageiros de voos internacionais. Serão colocadas em prática duas novidades: o reconhecimento facial através de um programa específico e o envio obrigatório de informações pelas companhias aéreas. Neste caso, as empresas terão de ceder ao fisco os dados sobre os passageiros de cada voo, como roteiro viajado, profissão, número e peso das bagagens. A Receita cruzará as informações com outras da sua base de dados para decidir, antes mesmo do pouso do avião, quais passageiros terão de se submeter à fiscalização.

Rigor nos aeroportos 2

                   Já o programa de reconhecimento facial foi desenvolvido em parceria com a Polícia Federal e além de auxiliar na fiscalização aduaneira, também será utilizado para identificar suspeitos de lavagem de dinheiro e transporte de mercadoria ilegal. Este sistema estava previsto para entrar em funcionamento antes da Copa do Mundo, mas não ficou pronto a tempo. Testes já foram feitos nos aeroportos de Manaus (AM) e em Guarulhos (SP) e o programa deverá ser utilizado em todos os aeroportos do país até o fim do primeiro semestre de 2015.

Pagamentos do INSS

                   O Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) esta injetando em Alagoas R$ 413 milhões de reais com a liberação do pagamento referente ao mês de Setembro para 489.821 aposentados e pensionistas. Em todo o Brasil o montante chega a R$ 32 bilhões para pouco mais de 31 milhões de benefícios. O pagamento começou a ser liberado na última quarta feira (para quem ganha até um salário mínimo) e será concluído até 7 de Outubro. O Extrato de Pagamento de Benefícios já esta disponível nos terminais de pagamentos dos bancos pagadores, mas também pode ser obtido no site da Previdência Social.

Impressos fixam mais

                   Os leitores da mídia impressa leem mais noticias e se lembram mais delas que os da mídia on-line. A conclusão é de um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Houston (EUA). Dois grupos de estudantes participaram do estudo. Um deles leu a edição impressa do “New York Times” e o outro leu a mesma edição na versão on-line. Após 20 minutos de leitura, foi solicitado aos grupos anotar manchetes, tópicos gerais e principais pontos do maior volume de noticiais que pudessem lembrar. Os do impresso anotaram 4,24 novas histórias em média, e o do grupo on-line se lembrou de 3,35. O estudo concluiu que os jornais impressos são um meio mais eficaz de incentivar a lembrança.

Livro aborda gestão

                   Uma análise sobre a gestão pública do Brasil e da Argentina na década de 90, elaborada como tese de doutorado, se transformou em livro a ser lançado, nesta sexta feira (26) no Parque Shopping Maceió. O trabalho foi desenvolvido pelo professor da Universidade Federal de Alagoas, Gabriel Setti e ganhou o título de “Reforma do Estado e da Administração Pública no Brasil e na Argentina na década de 90”. Setti é cientista político e professor do Instituto de Ciências Sociais da Ufal e defendeu sua tese na Universidade de Brasília em 2011. Para ele, a temática sobre gestão pública é bastante atual e sua discussão é fundamental para a compreensão da situação tanto do Brasil quanto da Argentina.

 

  • Arapiraca recebe hoje, pela terceira vez, o Mutirão Saúde em Movimento, que vai ofertar consultas especializadas, exames e marcações de cirurgias. A atividade começa ás 8h, na Escola Senador Rui Palmeira (antigo Premen), no centro da cidade.
  • O Mutirão disponibiliza para a população exames de oftalmologia e ecocardiograma, além de consultas com ortopedista, oftalmologista, urologista, dermatologista e clinico geral.
  • Na edição de hoje, a Secretaria de Estado da Saúde vai disponibilizar mil atendimentos, além de mais de 1.500 exames.
  • Para ser beneficiado com as ações de saúde, basta comparecer á escola citada, portando o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), passar pelo serviço de triagem para o devido encaminhamento á especialidade necessária.
  • Os serviços e os exames da área da oftalmologia sempre são os mais requisitados sendo que o paciente tambem pode receber óculos gratuitamente.