Diretor de 'O Rebu' fiscaliza corte de cabelo de Sophie Charlotte - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Entretenimento

23 Jul de 2014 - 11:50

Diretor de 'O Rebu' fiscaliza corte de cabelo de Sophie Charlotte

Ava Freitas / NoticiasdaTV

Com a estreia de O Rebu (Globo), Sophie Charlotte trouxe de volta à cena o corte de cabelo “le garçon”, ou “joãozinho”. Os fios curtinhos foram adotados especialmente para a nova novela da faixa das 23h e cortados sob a supervisão de José Luiz Villamarim, diretor-geral da trama.

Pai de Sophie, o cabeleireiro Mário Silva foi quem executou a mudança no visual da atriz, que, após sua última novela, Sangue Bom (Globo),  de 2013, chegou a estar com os cabelos um pouco abaixo da linha dos ombros.

“Cortei em duas etapas, na presença do diretor da novela (Villamarim). Depois da primeira, no mesmo dia, cortei mais curto até achar o que ele queria”, fala Silva, que trabalha no salão Esmell, no bairro do Leblon, no Rio de Janeiro. Na trama, Sophie é Duda, filha adotiva da poderosa empreiteira Angela Mahler (Patrícia Pillar).

Para quem se animou a radicalizar o look na linha da atriz, Silva derruba um mito que costuma rondar os cortes curtos: o de que o estilo dispensa maiores cuidados. “Cuidar é sempre fundamental. Tem de fazer hidratação uma vez por semana.”

Outro ponto de atenção é a manutenção do corte. Para tanto, é preciso aparar as pontas uma vez por mês, um pouco mais ou menos do que isso, dependendo do ritmo de crescimento dos fios de cada um. Se espaçar muito, corre-se o risco de perder o desenho feito inicialmente.


Sophie Charlotte em cena da novela O Rebu, como Duda, filha adotiva de Angela Mahler (Patrícia Pillar)

Com o comprimento curto, a mulher perde a possibilidade de fazer penteados e, portanto, os produtos de finalização têm de ser seus melhores amigos, tanto no dia a dia quanto nos eventos especiais. “A Sophie alterna um pó e um gel, dependendo do efeito que ela quer”, afirma o cabeleireiro. O primeiro “levanta” os fios, mas deixa um aspecto seco. O segundo, molhado.

O principal cuidado na hora de usar tanto um quanto outro é a quantidade de produto utilizado. “Aplique pouco e aumente, gradativamente, até conseguir o efeito esperado", diz o especialista. Ele também revela um truque adotado pela filha para sair do banho pronta. “Ela seca os cabelos, com secador, jogando-os de um lado para o outro.”

Ao contrário da voz geral que costuma pregar que os comprimentos curtíssimos ficam melhores em cabelos lisos, o expert diz que, para sair por aí desfilando um visual inspirado em Sophie, é preciso um cabeleireiro habilidoso, que execute um bom corte.

Ele também diz que o profissional deve fazer uma análise do formato do rosto e do pescoço da mulher antes de sugerir o que cai melhor para a cliente. O “joãozinho” de Sophie não é a melhor escolha para quem tem face arredondada e pescoço curto.

“A Sophie gostou muito do corte, mas se vai mantê-lo ou não dependerá do que ela vai fazer depois que as gravações de O Rebu terminarem”, finaliza.

Comentários

O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Digite o código abaixo para enviar seu comentário.