Sargento da Polícia Militar é preso em Marechal Deodoro - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Interior

Sargento da Polícia Militar é preso em Marechal Deodoro

Operação de busca e ampreensão realizado pelo BOPE encontrou um revólver calibre 38 sem registro

Da redação 07 Dezembro de 2011 - 12:37

Foto: Real Deodorense

'Nego Bozo' foi preso em sua própria residência

'Nego Bozo' foi preso em sua própria residência

Operação liderada pelo Batalhão de Operações de Polícia Especiais (BOPE), prendeu nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (07) em Marechal Deodoro, o sargento da Polícia Militar Djalma Araújo, conhecido na região pela alcunha de “Nego Bozo”.

Os militares do BOPE junto com os policiais da 5ª Cia Independente da cidade cumpriram seis mandados de busca e apreensão que resultou na prisão “Nego Bozo”. O sargento foi preso em flagrante em sua residência no bairro da Poeira, onde foi encontrado um revólver Rossi, calibre 38, sem registro.

“Nego Bozo” está sendo investigado pela participação em alguns homicídios registrados na região, um inclusive teria sido cometido dentro da sua própria casa.

O caso está sendo acompanhado pelo delegado Flávio Saraiva onde será instaurado um inquérito para apurar as denúncias.

Comentários


  • Se não tiver concurso rapidinho só vai sobrar o cel. Luciano Malvadeza fazendo ordem unida consigo mesmo, kkkkkkkkkk... Aliás, ele logo-logo sai da PMAL e vai realizar o meu sonho: o fim desse militarismo arrogante, injusto e seboso.

    PM em 07/12/2011 as 17:44

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.