Doze homicídios foram registrados neste domingo em Maceió - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Polícia

Doze homicídios foram registrados neste domingo em Maceió

Maioria na periferia de Maceió; em Satuba, Marechal Deodoro e Rio Largo também houve registros

Da redação 13 Fevereiro de 2012 - 08:25

Foto: Breno Airan

Domingo sangrento em Maceió

Domingo sangrento em Maceió

O domingo foi sangrento em Maceió. O Centro Integrado de Ocorrências da Defesa Social (Ciods) registrou dez homicídios na capital nos bairros do Trapiche da Barra, Feitosa, Ponta Grossa, Benedito Bentes, Jacintinho, Clima Bom, e regiões metropolitanas de Maceió como Satuba, Marechal Deodoro e Rio Largo.  

O primeiro foi na cidade de Marechal Deodoro. A vítima Márcio José da Silva, de 34 anos, foi alvejada com sete disparos de arma de fogo, que atingiram a orelha esquerda, ombro direito, axila esquerda, abdômen, peito e pescoço. Algoz fugiu sem deixar pistas.

O segundo foi no Trapiche da Barra. A vítima Fabiano da Silva Costa, de 29 anos, foi alvejada por quatro disparos de arma de fogo, sendo um na coluna, um no ouvido, um na nuca e outro no nariz.  

O terceiro no Centro de Satuba. A vítima Fábio Bernardo de Oliveira, 20 anos, foi alvejada com golpes de arma branca, com seis perfurações no pescoço. O fato foi registrado no loteamento Nova Esperança. Os meliantes fugiram tomando destino ignorado.

José Rodrigo Lima dos Santos, de 22 anos foi a quarta vítima de arma de fogo. Ele foi atingido por cinco disparos de arma de fogo, no bairro do Jacintinho, em Maceió.

O quinto homicídio foi registrado no bairro Feitosa. José Wilton Barros Tomas, de 39 anos, foi vítima de arma branca sendo atingido por 16 perfurações no pescoço.

Um triplo homicídio foi registrado próximo ao colégio Mirian Marroquim, no Jacintinho. A primeira vítima foi Moacir Palmeira da Silva, de 63 anos, a segunda Wanderson Ramos da Silva, de 32 anos e a terceira vítima foi Natanael Guedes da Silva, de 27. As vítimas chegaram a serem socorridas pelos familiares, mas não resistiram a gravidade dos ferimentos e faleceram a caminho do hospital.

O triplo homicídio foi praticado por indivíduos não identificados que evadiram-se do local tomando destino ignorado. O fato foi registrado na Rua da Liberdade, nº 146, no bairro do Jacintinho, na tarde de ontem.

O nono homicídio foi registrado no Clima Bom. A vítima Levi Felipe da Silva, de 33 anos, foi atingida por projéteis de arma de fogo, sendo três no tórax, e um na coxa direita. O fato foi registrado às 15h50 do dia 12/02, na Rua Natal, próximo do bar do reggae.

A guarnição de Rio Largo, do 8º Batalhão constatou que Cícero da Silva Ferreira, 28 anos, que residia na Rua Berlim, Tabuleiro do Pinto, foi alvejada por três projéteis de arma de fogo, sendo dois no peito e um no braço esquerdo, sendo socorrido por familiares para o Mini-Pronto Socorro do Tabuleiro, onde veio a entrar em óbito.

O 11º foi registrado no Clima Bom. A vítima Eliel José Rodrigues Filho, de 27 anos, foi alvejada por dois projéteis de arma de fogo, um no abdômen e outro nas costas.  

O 12º foi no Jacintinho. A vítima Maurício Vagner Apolinário, de 24 anos, foi atingida por 12 projéteis de arma de fogo, o acusado fugiu sem deixar pistas. 

Comentários


  • jose rodrigo lima dos santos. pessoa preciosa para DEUS. a alegria da nossa turma nós te amamos negrão boladão. sentiremos muita sua falta.

    turma i da eescola de enfermagem santa juliana em 13/02/2012 as 22:57

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.