Dólar fecha quase estável nesta segunda, ainda de olho na crise política - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Economia

19 Jun de 2017 - 18:48

Dólar fecha quase estável nesta segunda, ainda de olho na crise política

Moeda norte-americana caiu 0,07%, a R$ 3,2849 na venda
G1
Reprodução
O dólar fechou quase estável em relação ao real nesta segunda-feira (19), com os investidores de olho em mais um capítulo da crise política após novas acusações contra o presidente Michel Temer pelo empresário Joesley Batista e à espera da denúncia contra Temer pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, destaca a Reuters.

A moeda norte-americana caiu 0,07%, a R$ 3,2849 na venda.

"Os mercados aguardam novos desdobramentos mesmo acreditando que a agenda reformista e a política de responsabilidade fiscal não serão desmontadas, independente de Temer continuar ou não... Ainda assim, o ambiente indefinido gera desconforto", avaliou a Advanced Corretora em comentário a clientes, ainda segundo a Reuters.

O empresário Joesley Batista, um dos donos da JBS, disse em entrevista à revista Época que Temer é chefe da “maior e mais perigosa organização criminosa do Brasil” e que ele usa a máquina do governo para retaliá-lo.

O mercado também estava de olho na denúncia que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deve fazer contra Temer, que já é investigado no Supremo Tribunal Federal (STF) por crime, entre outros, de corrupção passiva.

"O desenrolar da crise no Brasil está deixando os investidores mais cautelosos", afirmou à Reuters o diretor de operações da corretora Mirae, Pablo Spyer.

Atuação do BC

O Banco Central brasileiro vendeu integralmente a oferta de até 8,2 mil swaps cambiais tradicionais - equivalente à venda futura de dólares - para rolagem dos contratos que vencem julho. Com isso, já rolou US$ 3,690 bilhões do total de US$ 6,939 bilhões que vence no mês que vem.

No exterior, o dólar tinha leve alta ante uma cesta de moedas e também ante outras divisas de países emergentes, como o peso mexicano e a lira turca.

Comentários

O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Digite o código abaixo para enviar seu comentário.