Receita paga em Alagoas R$ 18 milhões de lote de restituição do Imposto de Renda - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Economia

17 Jul de 2017 - 15:25

Receita paga em Alagoas R$ 18 milhões de lote de restituição do Imposto de Renda

Neste lote, foram 8.059 declarações enviadas em 2017 e outras 1.060 de exercícios anteriores
Assessoria / Delegacia da Receita Federal em Maceió
Sede da Receita Federal em Maceió (Foto: Adailson Calheiros / Arquivo) Sede da Receita Federal em Maceió (Foto: Adailson Calheiros / Arquivo)

A Receita Federal vai pagar, nesta segunda-feira, 17, R$ 18.334.908,76 do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física a 9.119 contribuintes que entregaram suas declarações em Alagoas. Deste montante, R$ 15.644.968,91 serão pagos a 8.059 pessoas que prestaram contas ao fisco federal em 2017. Os outros R$ 2.689.939,85 serão restituídos a 1.060 pessoas que corrigiram os erros de suas declarações entregues em exercícios anteriores.

O dinheiro será depositado na conta bancária do contribuinte, informada na declaração de ajuste anual. No geral, cada contribuinte vai receber, em média, R$ 2.010,62. Com mais este lote de restituição, a Receita totaliza, neste ano, o pagamento de R$ 58.866.109,37 a 30.358 contribuintes.

O contribuinte que não tiver sua restituição creditada poderá comparecer, pessoalmente, em qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Para saber se a declaração foi liberada da malha, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet, ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e à situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar, diretamente nas bases da Receita Federal, informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

Comentários

O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Digite o código abaixo para enviar seu comentário.