Policial Militar é preso por estelionato em Maceió - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Polícia

Policial Militar é preso por estelionato em Maceió

Dois grandes supermercados foram alvo do servidor público da segurança e de outro comparsa

26 Março de 2012 - 07:57

Foto: Divulgação / Web

Estelionatários foram presos no sábado utilizando cartões de terceiros em dois supermercados de Maceió

Estelionatários foram presos no sábado utilizando cartões de terceiros em dois supermercados de Maceió

Foi preso no último sábado o soldado da Polícia Militar de Sergipe Givanildo Candeias dos Santos, de 34 anos, junto com ele também estava Diego Rego Fontan, de 24 anos. Os acusados foram presos em um supermercado de Maceió utilizando cartões em nome de terceiros.

Policiais militares do 4º Batalhão de Policiamento Militar (BPM) estiveram no local e constataram o fato. Com os acusados foram apreendidos uma TV de 40 polegadas, um DVD automotivo, um aparelho de barbear elétrico, um notebook, um jogo de tapete pra carro, três celulares e várias mercadorias de uso pessoal.

O soldado estava portando uma pistola ponto 640, calibre 40, com 31 munições e três carregadores. Os acusados foram encaminhados para a Central de Polícia onde foram autuados em flagrante por falsidade ideológica e estelionato. 

Comentários


  • Meu tio alugou a casa dele aqui em Aracaju no bairro Atalaia para esse cara ai, dai tem meses que ele fugiu sem pagar vários meses de aluguel, deixando dívidas a pagar. deixou pra trás todos os pertences da casa, 8 colchões novos, 4 maquinas de costura, móveis etc. Foi dado queixa dele, teve a audiência aqui em Aracaju e ele não compareceu e mandou o Adv. sozinho.

    NATALIE em 27/03/2012 as 22:50

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.