Oprah entrevista médium que faz cirurgias espirituais em Goiás - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Brasil

Oprah entrevista médium que faz cirurgias espirituais em Goiás

Apresentadora americana disse ter ficado 'maravilhada' com a experiência com João de Deus

G1 29 Março de 2012 - 23:24

Foto: Fabiana Aquino/Divulgação

Oprah Winfrey ao lado do médium João de Deus em Abadiânia

Oprah Winfrey ao lado do médium João de Deus em Abadiânia

A apresentadora de TV norte-americana Oprah Winfrey disse nesta quinta-feira (29) que estava “maravilhada” com a entrevista que fez com o médium João de Deus, em Abadiânia, cidade goiana a cerca de 150 km de Brasília. Oprah passou o dia na cidade finalizando uma reportagem com o médium, que faz cirurgias espirituais.

“Foi uma experiência muito forte. Eu ainda estou processando o que aconteceu. Eu estou maravilhada”, disse a apresentadora ao G1, em uma rápida entrevista ao deixar a Casa Dom Inácio de Loyola, onde o médium faz cirurgias espirituais. João de Deus não deu entrevista.

Oprah disse que estava fazendo uma “visita profissional” ao médium. “Eu estou aqui como membro da imprensa.” Ela não disse quando a reportagem deve ser veiculada em seu canal de televisão. Durante todo o dia ela esteve acompanhada de uma equipe composta por cinegrafistas, fotógrafos produtores e seguranças. Oprah não revelou se voltaria nesta quinta para os Estados Unidos.

De acordo com funcionários da instituição, ela chegou antes das 8h, tomou café da manhã e fez uma entrevista com o médium João de Deus debaixo da mangueira no quintal da casa. Na parte da tarde ela participou de orações e sessões de meditação com o médium e outros membros da casa. Oprah deixou o local por volta das 17h.

Surpresa

A presença da apresentadora em Abadiânia provocou surpresa nas pessoas que aguardavam para ser atendidas pelo médium. A dona de casa Maria Aquino, que mora em Brasília e vai toda semana a Abadiania para consultas, disse à reportagem do G1 Oprah foi cordial. “Vê-la foi uma emoção a mais. Acompanho o trabalho dela. Ela é muito simpática pelo que eu vi.”

Maria Aquino disse ter visto a apresentadora chorar durante a conversa com João de Deus sob a mangueira. Ela disse que ouviu João de Deus declarar que a apresentadora teria uma “cadeira cativa” na casa.

A psicóloga Maria Fernanda Robotton tentou falar com a apresentadora. Fernanda, que é de São Paulo e fazia sua primeira visita à casa na companhia de 30 pessoas em busca de equilíbrio espiritual, se disse emocionada.

“Foi minha sogra que comentou que havia uma mulher parecida com a Oprah aqui. Sou superfã. Ela faz um trabalho humanitário muito importante e ajuda muitas pessoas. Não perdia nenhum programa. Encontrar com ela aqui foi uma coincidência bacana”, afirmou.

A casa onde João de Deus faz cirurgias espirituais é muito frequentada por estrangeiros. A alemã Lea Schnneider veio em busca de conhecimento espiritual pela primeira vez e não sabia que Oprah estava lá. Depois de saber da presença da apresentadora ela afirmou ter entendido o burburinho durante a manhã.

Rainha do talk show, Oprah dominou a televisão norte-americana por um quarto de século e se transformou em uma das mulheres mais ricas dos Estados Unidos, com fortuna estimada em mais de US$ 2,4 bilhões. Ela se despediu de seu programa de TV pioneiro no dia 25 de maio do ano passado, após 25 anos de confissões íntimas de famosos, para abrir sua própria emissora.

De acordo com o ranking da revista norte-americana Forbes, divulgado em agosto de 2011, Oprah é a 14ª mulher mais poderosa do mundo. No mesmo mês, a apresentadora recebeu um Oscar por trabalho humanitário.

Comentários


  • Seja o primeiro a comentar.

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.