Com atraso, seleção feminina de vôlei garante vaga olímpica - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Esporte

Com atraso, seleção feminina de vôlei garante vaga olímpica

Seis meses atrás, equipe havia ficado em quinto lugar na Copa do Mundo

Folha Online 13 Mai de 2012 - 23:58

Foto: CBV

Jogadores da seleção brasileira comemoram ponto durante final contra o Peru

Jogadores da seleção brasileira comemoram ponto durante final contra o Peru

Atual campeã olímpica, a seleção brasileira feminina de vôlei pode enfim respirar aliviada. Neste domingo, em São Carlos (SP), a equipe carimbou o passaporte para os Jogos de Londres após vencer com facilidade o Peru por 3 sets a 0 (25/12, 25/16 e 25/9).

Há seis meses, a seleção feminina de vôlei encerrava sua participação na Copa do Mundo amargando um frustrante quinto lugar, posição que não lhe garantia uma das três vagas antecipadas aos Jogos de Londres. Seria necessário abrir espaço no calendário para disputar o pouco estimulante Pré-Olímpico sul-americano, torneio continental mais fraco do mundo. A seleção feminina não disputava uma competição desse tipo desde 1992.

Neste domingo, o Brasil encerrou sua campanha com quatro vitórias sem perder nenhum set. Diante do Peru, a seleção impôs novamente seu ritmo e fez valer sua imensa superioridade técnica sobre um adversário sul-americano. 

A ponteira Fernanda Garay foi o grande destaque do time brasileiro, com 15 pontos, mas as outras titulares não decepcionaram. A oposto Sheilla fez 13 pontos. Adenízia, que foi titular durante a competição devido a uma contusão de Fabiana, anotou 8 pontos, sendo 6 só de bloqueio. Thaísa (8) e Jaqueline (10) também tiveram boa atuação. As outras titulares foram a levantadora Fabíola e a líbero Fabi.

Pela primeira vez, a seleção jogou diante de um ginásio lotado em São Carlos. Nos outros quatro dias de torneio, a média de público foi de 1.949 pessoas por dia, que corresponde a só 23% da capacidade total do ginásio.

Agora, a equipe brasileira deve ter uma semana de folga antes de voltar a se concentrar para o Grand Prix, que terá início no dia 8 de junho. Nos primeiros três jogos, que serão disputados na Polônia, Zé Roberto pretende poupar a maior parte de suas principais jogadoras e enviar as atletas que não disputaram o Pré-Olímpico.

Além do Brasil, já estão garantidos em Londres-2012 Turquia, EUA, República Dominicana, Itália, China, Argélia e Grã-Bretanha. Na próxima semana, serão definidas as quatro últimas vagas. 

Comentários


  • Seja o primeiro a comentar.

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.