Veja lista dos carros mais baratos do Brasil após a redução do IPI - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Economia

Veja lista dos carros mais baratos do Brasil após a redução do IPI

Em geral, os preços devem ter redução de R$ 1.500 a R$ 1.850

iG 22 Mai de 2012 - 23:54

Foto: Divulgação

Preço do Ford Ka cai de R$ 23.600 para R$ 22.056

Preço do Ford Ka cai de R$ 23.600 para R$ 22.056

Um dia depois de o governo ter anunciado medidas de estímulo para o setor automobilístico, algumas montadoras já repassam as reduções do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) ao consumidor. A Ford, por exemplo, anunciou nesta terça-feira um desconto de 10% sobre o valor do Ford Ka 1.0L, que passou de R$ 23.600 a R$ 21.240.

Em geral, os preços dos 10 carros mais baratos do País devem ter uma redução de R$ 1.500 a R$ 1.850 em relação aos valores anteriores. Veja na galeria abaixo os novos preços para a compra à vista, com a redução do IPI.

As contas consideram a diminuição de 7% para zero no IPI cobrado sobre os veículos 1.0, lembrando que as empresas podem oferecer descontos que vão além da redução do imposto, se quiserem, como é o caso do Ka, da Ford.

Para os carros de 1.0 a 2.0, a taxa foi reduzida de 13% para 6,5% nos movidos a gasolina e de 11% para 5,5% nos que levam álcool ou são flex. Os comerciais leves tiveram a alíquota diminuída 4% para 1% para os dois combustíveis. Para quem vai financiar a compra, o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) passou de 2,5% para 1,5%.

O objetivo do governo com as mudanças é de incentivar o consumo e, assim, aquecer a economia. Ao mesmo tempo, consegue ajudar as companhias do setor automobilístico. "As vendas estão fracas e muitas precisam desovar estoques," diz Miguel José Ribeiro de Oliveira, vice-presidente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac).

Assim, os preços ficam menores tanto para veículos comprados à vista, que têm a incidência do IPI, como para os financiados, que também têm a incidência do IOF.

Quem quiser financiar um Gol1.0 flex, por exemplo, pode ter uma redução de R$ 3.285,12 no valor total desembolsado. Com o IOF menor, as parcelas passam de R$ 918,15 para R$ 849,71. No final do período, o comprador terá pagado R$ 40.786,08 pelo carro, sendo que teria gastado R$ 44.071,20 nas condições anteriores.

A conta foi feita por Oliveira, e considera uma taxa de juros mensal de 1,94% e um prazo de 48 meses. Se a compra for à vista, o consumidor pode conseguir um valor R$ 1.819,61 inferior ao anterior, uma vez que o preço passa de R$ 27,814 para R$ 25,994,39. 

O vice-presidente da Anefac lembra, entretanto, que muitas as concessionárias brasileiras ainda possuem carros em estoque, e que as mudanças dos impostos valem para veículos faturados a partir de agora. Assim, é possível que alguns preços não fiquem mais baixos. A sugestão dele é que o comprador sempre pergunte ao vendedor se o valor está com o novo IPI.

Em relação ao IOF, todos os financiamentos feitas a partir de agora terão, automaticamente, a incidência do imposto reduzido, diz o vice-presidente da Anefac.

Comentários


  • em 15/07/2012 as 20:41

    Aonde foi que eles enfiaram a porra da lista que não consta em lugar. FDP

    Genes em 24/06/2012 as 15:58

    Uma grande ilusão, nesta duas semanas estamos em processo de nagociação com a Gm/chevrolet, para comprar mais dois veículos para frota de nossa empresa, logo depois do inicio das negociações o governo anunciou a redução do IPI, logo vinheram os novos valores, em seguinda a GM lançou uma nova tabela reduzindo o desconto para o frotista, ou seja deram a redução do IPI no preço, mas reduziram o desconto para frotista que era de 15,00% passou para 13,50% ele aproveitaram a oportunidade para aumentar ainda mais a margen de lucro da empresa, em um prisma o valor do carro ficou apenas R$ 500,00 mais barato

    SAMUEL BARROS em 28/05/2012 as 20:11

    Infelizmente esta péssima pratica tem ocorrido eles reduzem o valor do IPI do carro zero e dao o mesmo desconto no valor a ser pago no seu carro usado seminovo ou seja a reduçao foi para o espaço certo, vale mais a pena guardar dinheiro e aproveitar estas promoçoes de 36 x sem juro como a que a gm fez, mas lembrando a entrada minima é 50 % do valor, como eu nao tinha isso resolvi trocar meu usado no particular por outro e fiz um bom negocio....

    Marcio dos santos em 25/05/2012 as 23:46

    Na mensagem de Rudnei ele tem toda razão, inclusive estou passando exatamente por isso, a alegação do vendedor foi esta que a entrada com carro usado para comprar um novo o preço da redução do ipi é tirado do preço da entrada do velho - é demais não?! que pais é este???? e que seres humanos são estes????

    Danielle Lessa em 24/05/2012 as 13:26

    Interessante o incentivo que o governo dá para as montadoras, porém o lucro fala mais alto! Os empresários ainda não entenderam a mensagem - aumenta o consumo aumenta o lucro! Mas, aqui onde a mentalidade é a tal levar vantagem em tudo o que já estão dizendo nas revendedoras é que a entrada com carro usado para comprar um novo o preço da redução do ipi é tirado do preço da entrada do velho - é demais não?!

    Rudnei de Oliveira em 23/05/2012 as 23:19

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.