Ibama veta licenciamento para Estaleiro Eisa em Coruripe - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Interior

Ibama veta licenciamento para Estaleiro Eisa em Coruripe

Relatório aponta que área escolhida implica na supressão de praticamente toda a praia situada entre a foz do rio Coruripe e o Pontal do Coruripe

Painel Notícias 25 Jun de 2012 - 12:08

Foto: Portal Naval

Estaleiro Eisa

Estaleiro Eisa

O IBAMA - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis vetou o licenciamento para a construção do estaleiro EISA Alagoas. Em um relatório de 99 páginas e assinado por oito analistas ambientais, diz que “as informações sobre as alternativas locacionais, o diagnóstico e a avaliação de impactos, além das observações em campo, sugerem a existência de alternativas que implicariam em menores impactos ambientais”.

O relatório do órgão diz que “a área escolhida implica na supressão de praticamente toda a praia situada entre a foz do rio Coruripe e o Pontal do Coruripe” e que a proposta para implantação do empreendimento demanda supressão de 74,43 ha de vegetação de mangue em bom estado de conservação contidos na porção mais contínua do manguezal de Coruripe”.

Vale lembrar que o estaleiro construído em Pernambuco atingiu 1.260 hectares e não houve veto por parte do IBAMA. O secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico acha que há “dois pesos e duas medidas” para que o órgão federal não autorize a construção do estaleiro em Alagoas.

A novela da construção do Estaleiro Eisa já dura dois anos e existe a preocupação de que aja interferência política direta em Brasília para que a obra, o maior investimento da história de Alagoas, não seja construída. A previsão é de que o estaleiro geraria mais de 50 mil empregos diretos e indiretos.

Comentários


  • É incrível como as mídias repassam as notícias no tocante aos lucros e benefícios, deixando oculto os enormes prejuízos a população e o meio ambiente!

    Jiran monteiro em 30/09/2012 as 16:00

    gente a busca desenfreada por dinheiro é o que um dia vai acabar com o mundo, vivo em coruripe a mais de 10 anos e é claro que eu queria o estaleiro, mas concordo 100% com o ibama, será um crime sem fim, destriuir uma paisagem tão bela como é como tem a foz do rio coruripe eu fico imaginando a paisagem que se pode ver de da casa do Dr. djalma muito verde e muita agua muito mangue substituidos por maquinas, eu acho que esse estaleiro poderia sim ser instalado em outro local qua nao destruisse tanto eu penso muito nessa mensagem do greenpeace \" Quando a última árvore tiver caído,
    quando o último rio tiver secado,
    quando o último peixe for pescado,
    vocês vão entender que dinheiro não se come\"

    gente independente de estaleiro o estado de alagoas é um dos maios belos do brasil, coruripe tem paisagens lindas e se houvesse mais investimentos para o turismo (construção de hoteis, aeoroporto etc) poderia ter a renda que esse estaleiro trazia, sem precisar destruir a natureza, esse negocio de vao reflorestar o que sera destruido é balela, claro que isso nao vai e nem iria acontecer, e mais destruir uma paisagem natural e trocar por arvores (provavelmente pinheiros) nem se compara a paisagem original.

    Marcelo em 04/07/2012 as 16:11

    Celso, fiquei impressionada com a tua teoria de conspiração! Tu realmente achas que o corpo técnico do IBAMA seria influenciado assim? Lula, Collor e Dilma? Volta para a realidade, amigo. E, aliás, os analistas emitem uma opinião, obviamente, técnica. A decisão de emitir ou não uma licença, cabe ao presidente do IBAMA, que pode acatar ou não a conclusão do parecer.

    Karin em 27/06/2012 as 20:34

    o ibama acertou em vetar o módulo \"A\", DO ESTALEIRO eisa, pois, como se sabe existe mais 3 alternativas bem perto um do outro e não destruiria tanto o nosso único berçario de manguezais de reprodução marinha e sim alguns coqueiros pertencentes a grupos estrangeiros nas áreas de barreiras e miaí de cima. Parabéns.

    valdir melo em 27/06/2012 as 11:07

    O LULA NÃO MANDA NO IBAMA, MAS O PROMeTÉO, QUE QUER MANDAR EM TUDO JÁ APROVEITA PARA CALUNIAR O SEU PARCEIRO LULA QUE TANTO MANDOU RECURSOS PARA O NOSSO ESTADO. em 26/06/2012 as 13:43

    É UMA PENA POIS SE ELE NÃO FOSSE TÃO MENTIROSO A HISTÓRIA SERIA OUTRA E O NOSSO ESTADO NÃO ESTARIA NO CAOS QUE SE ENCONTRA HOJE EM DIA.(ganguedobem) em 26/06/2012 as 12:45

    POBRE OVO ALAGOANO DEPOIS DE SER ENGANADO PELO IMCOMPEtéo, AINDA ACREDITA QUE NÃO FOI ELE O RESPON~´AVEL POR MAIS ESSA DERROTA DOS ALAGOANOS em 26/06/2012 as 12:42

    esta mais uma vez provado que o \"UNICO\" mal que assola o pais de forma \'endemica\' se constitui na ignorancia, relatorio de alta qualificação e comp´lexidade ja revelavam a insonsistencia deste \'alienigena\' aqui: UFAL, cempranm ICMBio,o , os mais de em 26/06/2012 as 11:25

    (GANGUEDOBEM) - Até quando se fala mal do collor se está ajudando ele em alguma coisa, dizer que ele teve participação na perda do estaleiro ´ é algo assim utópico, Todo esse viraemexe do estl. o grande culpado é o PROMeTÉO, que quer sozinho enfrentar tod em 26/06/2012 as 11:10

    É UMA INJUSTIÇA FALAR ASSIM DO EX-PRESIDENTE, ELE VEIO AQUI ANDOU PELAS RUÍNAS DEIXADAS PELAS ENCHENTES DE 2010. E, AINDA LIBEROU DINHEIRO PARA A RECONSTRUÇÃO DAS CASAS EM TEMPO RECORDE. O QUE NÃO TEMOS EM ALAGOAS É GOVERNO MESMO, SUAS MENTIRAS JÁ NÃO CA em 26/06/2012 as 11:04

    É verdade este estaleiro é muito grande e bem maior do que irá ser constriodo em pernambuco o lula durante seu mandado gerou muitas obras para beneficiar pernambuco não vê lá as casas do minha casa minha vida e a dos desabrigados pela enchente que teve lá e cá em alagoas,as casas lá foram construidas sobre uma gigantesca lona tipo uma cabana gigante em quanto as da que só foram terminadas este ano,é uma tramoia de pernambucanos e dos outros estados para eles crescerem e os que são mais ingenuos como o povo alagoano,ficam de fora todo progeto mais todo progeto grande é feito em pernambuco,bahia,ceára,rio grande do norte e agora até em paraiba e segipe isso no nordeste isso tudo foi feito por que principalmente o Lula e Collor não querem que alagoas brilhe por que potencial ela tem mais não é explorado.

    Carlos Henrique em 25/06/2012 as 22:54

    Querer comparar a construção da usina de belo monte com a do estaleiro, é muito diferente, a belo monte, o impacto é muito pequeno em relação ao beneficio que esta obra trara, sem contar que a a floresta amazonica é imensa, já com o estaleiro, a reserva ambiental é minima em coruripe, com isso geraria uma profundo impacto no seu ecosistema independente se foi politicagem ou não. Isso seria mais uma obra faraonica no qual financiada pelo meu, seu , nosso BNDES a fundo perdido, demoraria anos pra ser concluido, a exemplo do canal do sertão,e a geração de emprego em torno de 50 mil era pura mentira, é como se contratasse a população da cidade inteira desta cidade, incluindo as crianças e adolecentes, a trabalhar pra ela.

    eleitor atento em 25/06/2012 as 19:46

    Enquanto isso, a Usina de Belo Monte que vai devastar milhões de hectáres da floresta Amazônica, teve a licença fornecida pelo IBAMA, com o aval de Lula e Dilma. Tenho quase certeza que essa vetação da licença ao EISA Alagoas foi uma tramoia armada por Lula, Dilma e Collor. Collor sempre quis ver Alagoas na miséria, Lula tinha ficado com muita inveja de Alagoas quando soube que o EISA seria o dobro do tamanho do Estaleiro de Pernambuco, e Dilma, porque é uma Maria vai com as outras.

    celso em 25/06/2012 as 16:23

    em 25/06/2012 as 16:21

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.