PM investiga suposta orgia de policiais com prostitutas - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Brasil

PM investiga suposta orgia de policiais com prostitutas

Fotos mostram mulheres com uniformes militares segurando uma espingarda calibre 12

Terra.com.br 27 Jun de 2012 - 15:12

Foto: Divulgação

Flagrante de mulher vestindo farma da PM

Flagrante de mulher vestindo farma da PM

A Polícia Militar de Santa Catarina vai investigar a conduta de militares que tiveram fotos de uma suposta orgia com garotas de programa divulgadas na internet.

Nas imagens, uma mulher aparece de lingerie usando a parte superior da farda militar. Na mão, a jovem carrega uma espingarda calibre 12 utilizada pela PM catarinense. Em outra imagem, a mulher fardada aparece ao lado de um militar sem camisa.

As fotos teriam sido tiradas em novembro do ano passado em um sítio na região de Videira, no meio oeste de Santa Catarina. Os policiais envolvidos, entretanto, pertenceriam ao 15º Batalhão de Polícia Militar em Caçador. Rapidamente, o material foi divulgado em blogs e veículos de comunicação no Estado.

A PM terá 40 dias para ouvir os envolvidos. Policiais e a garota foram identificados e prestarão depoimento.

Comentários


  • Mesmo que seja uma garota de programa, quem disse que essa moça não era sua ex-namorada? Mulher faz de tudo pra complicar a vida de um ex!

    Lucas em 01/07/2012 as 03:36

    Não vejo a devida gravidade da questão, pois há legítima comprovação de que tal policial estava realmente de serviço, como citam os meios de comunicação!

    jorge em 01/07/2012 as 03:36

    todo mundo fas sexo terihao q.ter mais cuidado

    em 27/06/2012 as 23:47

    nao verjo nada de mas em 27/06/2012 as 22:33

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.