Suspeitos de envolvimento no homicídio de agropecuarista estão detidos - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Polícia

Suspeitos de envolvimento no homicídio de agropecuarista estão detidos

Nomes dos acusados ainda não podem ser divulgados devido o sigilo nas investigações

Assessoria 19 Setembro de 2012 - 17:36

Foto: Arquivo Pessoal

PC garante que inquérito será logo concluído

PC garante que inquérito será logo concluído

A Polícia Civil tem avançado nas investigações a respeito do assassinato do advogado e agropecuarista Alberto Reyneri. Na manhã desta quarta-feira (19), o delegado Manoel Wanderley, informou que os três suspeitos da autoria material do assassinato estão detidos na Delegacia Regional de Palmeira dos Índios desde a semana passada. Os nomes dos acusados ainda não podem ser divulgados devido o sigilo nas investigações.

A Polícia Civil segue firme nas investigações para chegar ao autor intelectual do crime ocorrido no último dia 16 de agosto, no Haras Acapulco. Estão descartadas as suspeitas de latrocínio ou de que o crime tenha sido motivado por questões pessoais, sendo o assassinato caracterizado como crime de mando.

Segundo informações de Sandro Malta, chefe de serviço da delegacia, o interesse da Polícia Civil é concluir o inquérito em breve. “Queremos chegar à conclusão do caso, prendendo o autor intelectual através da prisão desses elementos suspeitos e de fortes indícios, além de provas e depoimentos” explicou

Wanderley se reunirá ainda ainda esta semana com o diretor geral da Polícia Civil Paulo Cerqueir para apresentar os indícios levantados e traçar a linha de investigação para efetuar a prisão do mandante. Até a próxima semana os nomes dos autores materiais e intelectual serão divulgados e novas prisões poderão acontecer a qualquer momento.

No último dia 21, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AL) cobrou junto à direção da PC celeridade nas investigações, bem como a designação de um delegado especial para o caso, o que foi negado.

Entenda o Caso

Alberto Reyneri foi assassinado a tiros de pistola em sua fazenda, situada na zona rural de Palmeira dos Índios, no último dia 16 de agosto. O advogado foi surpreendido por dois homens encapuzados que invadiram a sua propriedade e efetuaram contra ele cerca de 20 disparos de arma de fogo.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima já havia sofrido um atentado dez dias antes. Desta vez, no entanto, nem mesmo a presença de dois funcionários e da namorada do advogado impediu o homicídio.

Saiba mais: Família e OAB querem delegado especial e celeridade nas investigações

Comentários


  • fico,admirado como essa policia..trabalha quando é para,desvendar assasinato..de pessoas,que tem dinheiro pense na eficiência..equanto isso vários josés,e Manés,sâo mortos,todo santo dia nas Grande cidade de Maceio..aqui mesmo no vergel do lago há vários..homicidio de 2009 até 2012 sem ter sido se quer investigado..e homicidio de fácil..elucidaçâo.

    justino em 20/09/2012 as 01:10

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.