Dois suspeitos morrem em confronto com a Rota em São Paulo - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Brasil

Dois suspeitos morrem em confronto com a Rota em São Paulo

Denúncia anônima dizia que veículo seguia para reunião do crime organizado

Folha Online 19 Setembro de 2012 - 23:29

Foto: Divulgação

Duas pessoas morreram em confronto com policiais da Rota (grupo de elite da PM) na região de Parelheiros, zona sul de São Paulo, na tarde de terça-feira (18).

A Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima que informava que um veículo Tucson estava a caminho de uma reunião com integrantes do crime organizado.

Policiais da Rota foram no local indicado por volta das 17h e abordaram o veículo, que tinha quatro pessoas dentro. Nada de errado foi encontrado com eles.

Os policiais seguiram pela avenida Sadamu Inoue, onde encontraram dois carros suspeitos.

Um dos veículos não obedeceu ordem de parada e tentou fugir, segundo a polícia, atirando contra os policiais.
Ianan Leme Lopes, 30, e Robson Bastos Gomes, 30, morreram na troca de tiros. No corpo de Gomes foi apreendido um documento falso.

Já Alex Morales de Sousa, 22, Roger Nunes Santos, 28, Luciano Mendes da Silva, 32, Roberto Batista da Silva, 34, e David Marcos Teixeira, 26, foram presos.

Com o grupo foram encontrados tijolos de maconha e três armas, uma espingarda calibre 12, uma pistola calibre 45 e um revólver calibre 38.

O caso foi registrado no DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa).

A reportagem não conseguiu localizar os advogados dos suspeitos presos. 

Comentários


  • Seja o primeiro a comentar.

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.