Polícia

05 Novembro de 2012 - 12:11

Jovem que torturava vítimas antes de matá-las é preso

Josimar Valentino do Nascimento é acusado de pelo menos dez homicídios na região sul de Maceió
Ana Paula Omena
 Josimar Valentino do Nascimento, de 20 anos, e seus comparsas são acusados de matar pessoas na região sul de Maceió com requintes de crueldade. Cortesia/Emergência190 Josimar Valentino do Nascimento, de 20 anos, e seus comparsas são acusados de matar pessoas na região sul de Maceió com requintes de crueldade.

Foi preso na noite deste domingo, dia 4, um jovem acusado de assassinar pelo menos dez pessoas e comercializar drogas nos Conjuntos Virgem dos Pobres e imediações, na periferia de Maceió.  Josimar Valentino do Nascimento, de 20 anos, estava com mandado de prisão em aberto, e foi preso por militares da guarnição motorizada raio 1, do Batalhão de Radiopatrulha, no Dique-Estrada.

Segundo informações do relatório do Centro Integrado de Ocorrências da Defesa Social (Ciods), Josimar estava em atitude suspeita na região sul da capital, e quando abordado foi constatado que o mesmo era foragido da Justiça.

De acordo com investigações da Delegacia de Homicídios, o acusado é responsável por pelo menos dez assassinatos na região do Virgem dos Pobres, além comercializar drogas nos bairros do Trapiche da Barra, Vergel do Lago e Virgem dos Pobres. O delegado da Força Nacional, Rossilio Correia, que investiga o acusado e mais os seus comparsas, ressaltou, que Josimar antes de matar suas vítimas as torturava.

Conforme as investigações policiais, uma de suas vítimas teria sido Eduardo de Araújo Sabino, seu corpo foi encontrado às margens da lagoa Mundaú já em estado de decomposição. “O Eduardo era o meu amigo, meu a favor, não tenho nada a ver com a morte dele. A gente jogava bola e tudo”, se defendeu Josimar Nascimento, que disse ser usuário de maconha. O crime teria sido praticado com a ajuda de seu comparsa identificado como Claudemilson Alves de Lima, o ‘Cibitinho’, que está preso.

Segundo a polícia, Josimar e seus comparsas também teriam matado também Davi Amorim da Silva, que era doente mental, no dia 26 de junho último, na Rua da Paz, no Virgem dos Pobres, ele era conhecido como ‘Gordinho’. Gustavo de Lima Menezes, 19, o ‘Guga’, faria parte do bando criminoso e foi preso na última sexta-feira, dia 2.

Comentários

  • sara

    em 06/11/2012 as 13:06

    "Com essa justiça esse monstro logo,logo estará solto.O Brasil tem que mudar com urgência esse código penal caduco e que só favorece a bandidos!"

  • saulo

    em 06/11/2012 as 00:16

    "é um crime deixar esse criminoso vivo... vcs da força nacional são muito fraco se esse cara de pegar de vacilo vcs levam é bala na cabeça, bala nele primeiro vcs sabem atirar muito bem..."

  • Jorge

    em 05/11/2012 as 18:38

    "Engraçado, nos últimos tempos, os reporteres intitulam estes delinquentes de |jovens|. Jovem nada... bandido mesmo... e bandido bom e bandido morto."

  • mata esse safado

    em 05/11/2012 as 17:01

    ""

O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Digite o código abaixo para enviar seu comentário.