Estuprador preso em Santana abusava da enteada desde os 7 anos, diz PC - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Interior

Estuprador preso em Santana abusava da enteada desde os 7 anos, diz PC

Com detalhes, menor contou que depois de ameaças ele fez sexo com ela

Ascom/ PC 12 Dezembro de 2012 - 10:57

Foto: Ascom/PC

'Peu' foi detido em flagrante e já está no presídio

'Peu' foi detido em flagrante e já está no presídio

A Polícia Civil prendeu em flagrante, na tarde dessa terça-feira (11), Manoel Ferreira dos Santos, de 29 anos, conhecido como "Peu", sob a acusação de crime de estupro contra a menor A.C.S.S., de 13 anos, no povoado de Canuxinga, em Santana do Ipanema.

Manoel Ferreira também é padrasto da menina.
A denúncia de estupro foi feita pela própria mãe da criança - que mora com ele - ao Conselho Tutelar de Santana, que acionou a Delegacia Regional do município. 
Ele foi denunciado pela vítima por práticas de abuso sexual, durante a madrugada desta terça. 

Aos policiais, a menor também revelou que, desde quando ela ainda tinha sete anos, Manoel Ferreira comete abusos e pratica 'conjunção carnal' com ela, sempre com a utilização de grave ameaça para atingir esta finalidade.

A vítima disse também aos policiais que antigamente ele fazia 'intromissão' de dedos na cavidade da sua vagina.
Com detalhes, a menor contou que depois ele passou a fazer sexo, de fato, com ela.

Os policiais investigam para recolher material proveniente que comprove a acusação. A Polícia Civil vai encaminhar Manoel Ferreira para o presídio, já que ele foi preso em flagrante.

Comentários


  • Seja o primeiro a comentar.

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.