Marido mata mulher a facadas após ler mensagem no celular - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Brasil

Marido mata mulher a facadas após ler mensagem no celular

Homem confessou crime depois de ser encontrado com a roupa ensanguentada

iG 26 Dezembro de 2012 - 17:25

Foto: Breno Airan - Ilustração

Após receber a mensagem de um homem pelo celular, uma mulher de 54 anos foi assassinada a facadas pelo marido na madrugada desta quarta-feira em Aguaí, no interior paulista. O autor confessou o crime e o motivo: ficou enciumado.

A vítima é Rosa Maria Ambrósio Justino, que trabalhava como acompanhante de idosos. Seu corpo foi encaminhado para exames no IML (Instituto Médico Legal) e em seguida liberado para sepultamento. O enterro aconteceu no final da tarde desta quarta-feira no cemitério de São João Batista (SP), onde reside a família da mulher. De acordo com a polícia, o crime foi registrado no bairro Bom Gosto, em Aguaí (SP).

A mulher foi encontrada morta por uma filha no interior de sua casa, localizada na rua Francisco Lotufo. A polícia então foi acionada e localizou o suspeito - que não teve o nome revelado - caminhando perto do local do crime e com a roupa toda suja de sangue.

O homem não esboçou reação e contou ter ficado transtornado ao ler o texto, cujo teor e o autor não foram divulgados. Ele foi preso por homicídio doloso e encaminhado para a cadeia pública de São João da Boa Vista. O delegado de Aguaí, Alessandro Serrano, abriu inquérito para apurar o caso.

Comentários


  • Seja o primeiro a comentar.

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.