Ciclista paralímpico morre em acidente de motocicleta em Goiás - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Esporte

Ciclista paralímpico morre em acidente de motocicleta em Goiás

João Alberto Schwindt Filho bateu o veículo na lateral de caminhão

G1 27 Dezembro de 2012 - 17:15

Foto: CPB

João Alberto Schwindt ficou em 4º lugar nos Jogos Paraolímpico de Londres

João Alberto Schwindt ficou em 4º lugar nos Jogos Paraolímpico de Londres

O atleta paralímpico João Alberto Schwindt Filho, de 35 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (27), durante um acidente na BR-414, próximo a Corumbá de Goiás, a 114 quilômetros de Goiânia. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a motocicleta modelo Suzuki Burgman que o atleta conduzia bateu na lateral de um caminhão. 

“Ainda não sabemos explicar exatamente o que pode ter acontecido, pois ele não conseguiu fazer a curva e acabou batendo na lateral do para-choque. Além disso, ele não estava em alta velocidade porque as motocicletas modelo Suzuki Burgman não são potentes”, enfatiza o agente da PRF Adriano Barreto.

Segundo ele, o motorista do caminhão parou para prestar os primeiros socorros, mas o atleta não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O corpo dele foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Anápolis.

Carreira

Após sofrer um atropelamento aos 14 anos, o brasiliense João Alberto Schwindt Filho lesionou parte da medula espinhal e, com isso, o movimento do braço direito ficou prejudicado. Depois de 14 anos, ele começou a competir profissionalmente no ciclismo classe C5, chegando a conquistar diversos títulos mundiais, entre eles uma medalha de ouro e outra de bronze no Parapan de Guadalajara, em 2011.

Já neste ano, João ficou em 4º lugar nas Paralimpíadas de Londres. No último dia 19 de dezembro, ele foi eleito o melhor atleta na modalidade em 2012 no Prêmio Paralímpicos, promovido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

Luto
Em nota divulgada no site oficial, o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) lamentou a morte de João Alberto Schwindt Filho e decretou três dias de luto. “João era um atleta bastante comprometido com o esporte, esforçado e uma grande esperança de medalhas na modalidade. Estamos bastante tristes com esta fatalidade”, declarou o diretor técnico do CPB, Edilson Alves Tubiba.

Comentários


  • Seja o primeiro a comentar.

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.