Família de jovem morto em Fernão Velho promete protesto nesta terça - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Cidades

Família de jovem morto em Fernão Velho promete protesto nesta terça

John Heberth foi baleado durante uma briga de trânsito em festa tradicional

Rívison Batista 14 Janeiro de 2013 - 17:11

Foto: Rívison Batista

Familiares indignados no velório de John Heberth

Familiares indignados no velório de John Heberth

Uma tragédia aconteceu na noite deste domingo (13) durante a realização da festa do tradicional Bloco do Boi, no bairro do Fernão Velho. Josivaldo Manoel da Silva, que estava em um Honda Civic de placa NMK-5168, depois de uma discussão de trânsito, sacou uma pistola e disparou 18 tiros. O jovem John Heberth da Silva, de 20 anos, acabou sendo a vítima fatal. O velório do rapaz aconteceu na tarde desta segunda-feira (14), no bairro do Barro Duro.

A família clama por justiça e promete fazer um ato de protesto na manhã desta terça-feira (15) em frente à Central da Polícia Civil, no bairro do Prado, onde se encontra Josivaldo Manoel da Silva.

Segundo familiares, John Heberth era um rapaz tranquilo e feliz, cheio de sonhos. “Ele era muito trabalhador. Estava trabalhando como mecânico e tinha o sonho de fazer o curso de engenharia mecânica”, disse Júlia Maria, de 22 anos, irmã de John Heberth. Julia também estava com John na hora dos disparos, e relata o drama que viveu: “De repente, começamos a ouvir os disparos, e meu irmão me disse: ‘Fui atingido’”.

Outro irmão da vítima, Carlos Humberto, de 29 anos, disse que o irmão adorava futebol e teve até passagens pelo time de juniores do CRB. “Ele jogava muito bem, inclusive tinha vários troféus de campeonatos que participou, e também tinha esse sonho de tentar a vida no futebol”, afirma Carlos.

“Nós éramos 12 irmãos, agora somos só 11. Aquele bandido covarde destruiu nossa família”, relata emocionada Júlia Maria. “O assassino disse que não tinha intenção de matar ninguém. Como alguém que não tem intenção de matar vai com uma pistola no carro e dispara todos os tiros dessa pistola?”, questiona Carlos Humberto, também bastante abalado.

Os familiares afirmam que, após a ocorrência, Josivaldo virou a placa do Honda Civic para não ser identificado. Ainda segundo os familiares, Josivaldo não tem a ficha limpa, pois já responde por processo de porte ilegal de arma de fogo em Pernambuco.

Diante de toda essa situação dramática, o Instituto Médico Legal (IML), segundo a família, ainda dificulta a liberação do corpo de John Heberth. “Um irmão nosso está lá agora e disse que está a maior confusão. O IML não está liberando o corpo de ninguém. Ainda temos que passar por isso”, disse uma familiar.

Outras vítimas de disparos de pistola

Os disparos de Josivaldo Manoel da Silva no Bloco do Boi ainda atingiram mais três pessoas. Os pacientes deram entrada no HGE na noite deste domingo (13).

Segundo informações da assessoria do HGE, Robson Rafael da Silva foi submetido à cirurgia e encontra-se internado na Recuperação do Centro Cirúrgico em estado estável. Wanderley Máximo passou por uma cirurgia e encontra-se internado na Recuperação do Centro Cirúrgico, entubado e sedado em estado gravíssimo. Já Anderson José do Nascimento já recebeu alta médica.

Comentários


  • Parem de se expor exijam que a policia divulguem a foto do assassino e não de vocês por que a imprensa nada faz além de divulgar, procure detalhes e façam justiça como puderem.

    tony em 15/01/2013 as 12:47

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.