Boate Kiss está em nome de 2 mulheres, que são parentes dos donos - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Brasil

Boate Kiss está em nome de 2 mulheres, que são parentes dos donos

Spohr foi preso na manhã desta segunda-feira sob custódia em um hospital de Cruz Alta

Terra 28 Janeiro de 2013 - 17:52

Foto: Divulgação

A Boate Kiss, palco da trágédia que deixou 233 pessoas mortas no incêndio que ocorreu na madrugada de domingo, está no nome de duas mulheres, que segundo a Polícia Civil, seriam parentes dos donos do negócio, o empresário Elissandro Callegaro Spohr e seu sócio Mauro Hoffman. O delegado Sandro Meinerz afirmou que elas também podem ser responsabilizadas pelo incidente. “Todas as pessoas que tem relação com isso serão responsabilizadas. Mesmo que só tenham emprestado o nome”, disse Meinerz.

Além dos dos proprietários da Boate, outras duas pessoas, integrantes da banda Gurizada Fandangueira, também tiveram o pedido de prisão decretada pelo juiz de Direito plantonista no Foro de Santa Maria, Régis Adil Bertolini. Spohr foi preso na manhã desta segunda-feira sob custódia em um hospital de Cruz Alta, onde se encontra internado. Os músicos, o vocalista Marcelo de Jesus dos Santos e o produtor Luciano Augusto Bonilha Leão, foram detidos na cidade de Mata, distante 80 quilômetros de Santa Maria. Hoffman se apresentou à polícia na Delegacia Regional na tarde desta segunda-feira. De acordo com a Justiça, a medida atende pedido da autoridade policial para que não haja interferência nas investigações.

Incêndio na Boate Kiss

Um incêndio de grandes proporções deixou mais de 230 mortos na madrugada deste domingo em Santa Maria (RS). O incidente, que começou por volta das 2h30, ocorreu na Boate Kiss, na rua dos Andradas, no centro da cidade. O Corpo de Bombeiros acredita que o fogo iniciou com um sinalizador lançado por um integrante da banda que fazia show na festa universitária.

Segundo um segurança que trabalhava no local, muitas pessoas foram pisoteadas. "Na hora que o fogo começou foi um desespero para tentar sair pela única porta de entrada e saída da boate e muita gente foi pisoteada. Todos quiseram sair ao mesmo tempo e muita gente morreu tentando sair", contou. O local foi interditado e os corpos foram levados ao Centro Desportivo Municipal, onde centenas de pessoas se reuniam em busca de informações.

A prefeitura da cidade decretou luto oficial de 30 dias e anunciou a contratação imediata de psicólogos e psiquiatras para acompanhar as famílias das vítimas. A presidente Dilma Rousseff interrompeu viagem oficial que fazia ao Chile e foi até a cidade, onde se reuniu com o governador Tarso Genro e parentes dos mortos.

Comentários


  • to triste pelo fato que aconteceu mas que deus de força para as familias que perderam seus entes queridos e amigos e que deus de força para superar esse momento de angustia.

    miria em 30/01/2013 as 01:52

    que Deus proteja e ampara todas as familias

    miria em 30/01/2013 as 01:50

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.