Mãe e filha fazem filme pornô juntas alegando falta de dinheiro - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Entretenimento

Mãe e filha fazem filme pornô juntas alegando falta de dinheiro

Com a crise financeira batendo à porta e prestes a serem despejadas, Jessica e Monica entraram no mundo do entretenimento adulto para pagar as contas. Leia entrevista

iG 23 Fevereiro de 2013 - 11:45

Foto: Divulgação

Monica e Jessica omitem o sobrenome e são conhecidas como as Sexxxtons

Monica e Jessica omitem o sobrenome e são conhecidas como as Sexxxtons

Elas estão dando o que falar nos Estados Unidos. Jessica, 56 anos, e Monica, 22, são mãe e filha que ganham a vida contracenando juntas em filmes pornográficos. Conhecidas como Sexxxtons, a dupla – que se recusa a dizer o sobrenome real – esteve recentemente no programa de Anderson Cooper, depois de ter sua história contada em vários sites da imprensa internacional.

Leia também 

7 dicas para esquentar a relação

Com a repercussão, vieram também as críticas. Mãe e filha são frequentemente acusadas de praticar incesto. Elas negam e fazem questão de deixar claro que nunca interagem nas cenas. Moradoras de Tampa, na Flórida, Jessica e Monica creditaram a opção pela carreira pouco ortodoxa à crise financeira mundial iniciada em 2008. Em entrevista por e-mail, Jessica falou também sobre a relação com a filha dentro e fora das filmagens, contou histórias de bastidores e revelou seus planos para o futuro.

"Entramos na internet e achamos um agente que propôs filmarmos pornografia. Por ser um dinheiro imediato e em boa quantia, fechamos com o cara

iG: Como vocês começaram a fazer filme pornô? 

Jessica Sexxxton: Nós começamos na indústria pornô por falta de dinheiro. Eu estava trabalhando como garçonete, mas, por causa do péssimo momento econômico nos Estados Unidos, não pegava turnos suficientes para fazer grana. Monica estava trabalhando em um telemarketing. Um pouco antes do Natal, ela perdeu o emprego e nós estávamos à beira do despejo. Foi quando entramos na internet e achamos um agente que propôs filmarmos pornografia. Por ser um dinheiro imediato e em boa quantia, nós fechamos com o cara.

iG: Quais são os tabus que vocês enfrentam? Como é que foi encarar a família e os amigos? 
Jessica Sexxxton: Várias vezes nos pedem para interagirmos uma com a outra. Nós somos realmente mãe e filha, não faríamos isso por dinheiro nenhum. Nossa família e amigos estão felizes, pois, agora, estamos pagando nossas contas e comendo. Eles estão ao nosso lado de qualquer forma.

Comentários


  • Acho que elas tb poderiam ter se candidatado para cargos políticos, mas como na Flórida as coisas podem não ser como no Brasil, elas optaram pela sacanagem que é sempre igual, a sexual. E no cofrinho tá dando dinheirinho. Era isso que elas queriam. Então, tá.

    mariana seil em 23/02/2013 as 18:02

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.