Polícia

26 Abril de 2013 - 22:01

Agente da Deic suspeito de matar viglante se apresenta na DH

Força Nacional investiga crime; corregedoria da Polícia Civil instaurou procedimento para apurar caso
Da redação
Vigia foi morto na entrada do conjunto José Tenório Sandro Lima Vigia foi morto na entrada do conjunto José Tenório

Na tarde desta sexta-feira (26), o policial civil Luís José Almeida Ramos Júnior, suspeito de assassinar o vigia Ednaldo Siqueira dos Santos, se apresentou na Delegacia de Homicídios, no bairro da Santa Amélia, em Maceió. O crime ocorreu na entrada do Conjunto José Tenório, na Serraria, na quarta-feira (24).

O agente estava lotado na Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic). Ele foi apontado como autor dos disparos e foi afastado de suas funções após câmeras de videomonitoramento flagrarem o crime. O delegado da Força Nacional, Daniel Ferreira, ouviu o depoimento do suspeito.

A corregedoria da Polícia Civil instaurou procedimento para apurar o caso, além da investigação da Força Nacional. A motivação do crime ainda é uma incógnita, apesar de existir suspeita de acerto de contas.

Comentários

  • jkoff

    em 30/04/2013 as 10:12

    "SE ELE FOI AMEAÇADO PELO VIGILANTE //: , ELE FOSSE UM POLICIAL PREPARADO ELE O TERIA PRENDIDO , E NÃO EXECUTA-LO PELAS COSTA .ESSE NÃO DA, NEM PRA SER GUARDA DO APITO , INSPETOR DE QUARTEIRÃO EXPULSE ESSE MARGINAL DA POLICIA "

O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Digite o código abaixo para enviar seu comentário.