Trabalhador morre triturado em silo de armazenamento de grãos no MT - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Brasil

Trabalhador morre triturado em silo de armazenamento de grãos no MT

Vítima realizava a limpeza do equipamento quando foi sugada pela hélice

G1 02 Mai de 2013 - 22:55

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Imagem da polícia mostra silo onde ocorreu acidente fatal em Canarana

Imagem da polícia mostra silo onde ocorreu acidente fatal em Canarana

Um trabalhador de um silo de armazenagem de soja localizado em Canarana, município distante 838 quilômetros de Cuiabá, morreu na tarde desta quinta-feira (2) após ser sugado pela hélice que triturava os grãos. De acordo com o delegado Suede Dias, responsável pelo caso, o acidente aconteceu no momento em que o funcionário e mais dois colegas realizavam um trabalho de limpeza do equipamento. O silo tem capacidade de 100 mil sacas com 60 kg cada.

“Para este tipo de serviço, é necessário que a hélice esteja ligada, o que ocasiona  risco muito grande para o trabalhador. Além disso, em muitos casos, esse tipo de trabalho não possui regulamentação'', pontuou o delegado em entrevista ao G1. A polícia irá investigar também se o funcionário portava algum equipamento de segurança durante o trabalho.

Ainda segundo o delegado, no momento do acidente, os colegas tentaram resgatar a vítima, mas quase foram ser sugados pelo maquinário. Um dos funcionários conseguiu desligar o equipamento, porém, o corpo do trabalhador já havia sido triturado.  A Polícia Civil fez o isolamento do local para a realização de perícia e deverá ouvir a direção da empresa para apurar a responsabilidade no acidente.

A equipe de reportagem tentou falar com a diretoria da empresa, no entanto, ela não quis se posicionar sobre o assunto.

Acidentes

O delegado Suede Dias relatou que já é o sétimo trabalhador que morre em silos de armazenagens de grãos, somente neste ano em todo o estado. Muitos casos, os acidentes são ocasionados pela falta de estrutura dos locais e segurança. No último dia 21 de abril, por exemplo, quatro trabalhadores morreram soterrados após um armazém desabar. Ainda conforme a Polícia Civil, as vítimas faziam a limpeza do local, quando uma das estruturas de metal que armazenava soja se rompeu e caiu sobre elas.

“É urgente a fiscalização do Ministério do Trabalho e Emprego sobre as condições dos silos de armazenagem, já que a maioria deles não possui sequer um técnico de segurança do trabalho.  Estes acidentes têm sido constantes e tem que haver alguma forma de diminuir os índices'', alertou o delegado.

Comentários


  • Seja o primeiro a comentar.

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.