'Amor à Vida': O final feliz da gordinha da novela. Feliz? - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Entretenimento

'Amor à Vida': O final feliz da gordinha da novela. Feliz?

Yahoo 02 Outubro de 2013 - 11:27

Depois de passar cerca de 100 capítulos da novela “Amor à vida” tentando perder a virgindade e sendo tratada como lixo, o final “feliz” da personagem Perséfone, a “gordinha”da novela chegou. Ela arrumou um homem. Simples assim. E ele, olha só, além de tudo é bonito! Desde quando uma moça acima do peso padrão pode arrumar um namorado? Pois bem, ela conseguiu esse milagre. Esse é o final feliz. Um clichê que reforça preconceitos.

Gordo é assim mesmo, parece querer dizer o autor, tem que apanhar muito para ser feliz. E a felicidade, claro, depende diretamente de ter ou não um homem, esse PRÊMIO. Mas não basta um final feliz clichê, com direito a casamento e tudo. Depois de sofrer por 100 capítulos, Perséfone continua se ferrando. Agora, vai ter que lidar com o preconceito da família do namorado. “Como assim, você vai namorar uma gorda?”

“Não, namorar uma gorda não é normal. Não pode.” A personagem reforça aquele monte de clichês que muita gente tenta banir da sociedade faz tempo. Entre essas, estão as meninas dos blogs e grupos de discussão plus size. O tempo mudou, Walcyr Carrasco. E mudou para melhor. Os absurdos continuam sendo mostrados na TV. Mas agora um monte de menina diz não. E reclama. Faz escândalo. Essas bravas garotas não estão nada felizes com a personagem e fizeram um abaixo assinado pedindo que a personagem pare de sofrer.

Gordofobia é, sim, um problema sério. E chega de gay, gordo e outras minorias sofrendo em novela para finalmente “merecer”alguma coisa. Os estereótipos permanecem vivos. Mas a boa notícia é que tem muitas garotas por aí cansadas de se esconder em roupas pretas (emagrece) e afins de se assumir. Sim, as coisas mudam!

Comentários


  • Seja o primeiro a comentar.

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.