Eike Batista perde R$ 1,8 bilhão por mês, diz 'Forbes' - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Economia

Eike Batista perde R$ 1,8 bilhão por mês, diz 'Forbes'

Fortuna atual do empresário é de R$ 163 milhões (US$ 73,7 milhões), segundo a publicação

UOL 03 Outubro de 2013 - 14:31

Foto: Reuters

Eike Batista, que já foi o 7º mais rico do mundo, passa por uma grande crise em seus negócios

Eike Batista, que já foi o 7º mais rico do mundo, passa por uma grande crise em seus negócios

O empresário Eike Batista perdeu cerca de R$ 1,8 bilhão (US$ 826,3 milhões) em um mês, uma queda de 91,8%, segundo a revista norte-americana "Forbes".

A fortuna atual do empresário é de R$ 163 milhões (US$ 73,7 milhões), segundo a publicação. Eike Batista deixou a seleta lista de bilionários no mês passado.

No auge dos negócios, em 2012, o ex-bilionário chegou a ter cerca de R$ 66,4 bilhões (US$ 30 bilhões), quando foi considerado o 7º homem mais rico do mundo.  

O brasileiro disse que se tornaria o mais rico do mundo até 2015.  Porém, com a falta de resultados e o pessimismo em relação ao futuro do grupo EBX, o mercado vem castigando as ações dessas empresas na Bolsa de Valores. Consequentemente, a fortuna de Eike vem encolhendo.

Calote e troca de sede

Nesta semana, a petrolífera OGX optou por não pagar US$ 44,5 milhões a credores estrangeiros. Esse é o primeiro passo do que pode vir a ser o maior calote da história por uma empresa latino-americana.

Segundo reportagem da "Folha de S.Paulo", as empresas do grupo EBX iniciaram um plano de desocupação do histórico edifício Serrador, no centro do Rio. A medida teria como objetivo diminuir as despesas das empresas comandadas por Eike Batista, em mais um capítulo da dramática queda de seu império.

Comentários


  • Seja o primeiro a comentar.

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.