Bebê é mordido mais de 50 vezes em creche da Grande BH - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Brasil

Bebê é mordido mais de 50 vezes em creche da Grande BH

A menina teria sido atacada por outra criança que que frequenta a instituição

r7.com 16 Outubro de 2013 - 09:23
 A menina ficou com marcas roxas pelo corpo Record Minas

A menina ficou com marcas roxas pelo corpo Record Minas

Uma menina de apenas um ano e dez meses foi mordida cerca de 50 vezes em uma creche de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Os responsáveis seriam outras crianças que estudam no local.

Ao ver a filha, Paula Silva Marinho ficou revoltada.

— Eu comecei a chorar e fiquei indignada. A gente paga escola cara, acha que está bem olhada. Eu fiquei transtornada.

A menina estava com marcas de mordidas nos braços, nas pernas, costas, peito, pescoço e cabeça.

— Eu contei umas 50 mordidas nela.

O fato teria ocorrido em uma escola infantil do bairro Eldorado. Segundo os pais da criança, a menina frequenta a escola há apenas dois meses e essa não seria a primeira vez que ela teria sido mordida por um colega.

— Como não é a primeira vez, eu fui ao local, pensei que fosse a mesma coisa. Quando cheguei me deparei com a cena dela com o corpo todo mordido.

Revoltados com a postura da escola, os pais da criança chamaram a Polícia Militar.

— Eles simplesmente pediram desculpa pelo ocorrido.

A responsável pela escola disse aos policiais que no momento das mordidas estava ocorrendo uma festa. Ela vai ser ouvida pela Polícia Civil e pode responder por lesão corporal culposa. A criança deve ser submetida a um exame de corpo de delito.

Comentários


  • Nosso Deus é um absurdo isso, criança merece atenção em todo tempo...se há algo que falta nesta instituição é atenção as suas crianças ...ABSURDO ...REALMENTE É UM CASO A SE PENSAR COMO LEVAR TANTAS MORDIDAS E NÃO TER REAÇÃO...

    BRUNA em 24/10/2013 as 19:19

    E um absurdo essa escola tem quer ser fechada mesmo essa dona da escola nao tem capacidade nenhuma de ter uma escola pois ja q nao e primeira vez..

    Larissa em 21/10/2013 as 14:39

    essa escola deve ser fechada pois não tem a capacidade para cuidar de crianças... e muito menos seus funcionários.... essa diretora deve ser entregue para a secretaria de educação, e assim não exercer mais seu cargo...

    Tamires Alves em 21/10/2013 as 14:34

    EU DIRIA A DONA DA CRECHE,ACIDENTES ACONTEÇEM,SEI LÁ DERREPENTE SER ATROPELADA,QUEIMADA NÃO É MESMO SUA VADIA.

    ACIDENTES ACONTEÇEM.

    PAULA em 19/10/2013 as 21:31

    EU FARIA DE TUDO PARA ESTA CRECHE FECHAR ,SE NÃO DA CONTA ,ENTÃO FECHA AS PORTAS ...

    clara em 19/10/2013 as 00:55

    Pra mim essa criança foi segurada por alguém, nenhuma pessoa fica quieta pra ser mordida 50 vezes, muito menos uma criança.

    Maiza em 18/10/2013 as 05:21

    se vc minha filha eu não sei o que faria

    lucimar f de souza em 16/10/2013 as 21:58

    Cada vez que vejo um troço desses me lembro de quando era pequena e durante uma reunião de pais e mestres um garoto me perseguiu e me fez bater várias vezes a cabeça contra um poste, até eu quase desmaiar. Minha mãe, lógico, ficou uma fúria e sentou o verbo na direção... mas, o que me doeu mesmo foram a crueldade inexplicável e a omissão dos professores, que só apareceram depois pra dar um monte de desculpas esfarrapadas , do tipo que o guri não me fez nada, eu tinha ido pra cima do poste porque quis.

    Assim como eu, essa pobre criança aprendeu que não é preciso você fazer alguma coisa pra ser alvo da violência dos outros, e que nem sempre pode contar com a proteção dos adultos, mesmo quando é o DEVER deles impedir uma coisa dessas.

    Silver Lady em 16/10/2013 as 15:33

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.