Morre o músico Nico Nicolaiewsky no Rio Grande do Sul - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Noticias

Morre o músico Nico Nicolaiewsky no Rio Grande do Sul

O músico ficou conhecido por interpretar o maestro Pletskaya no espetáculo Tangos & Tragédias, que está em cartaz desde 1984

Jornal do Brasil 07 Fevereiro de 2014 - 11:05

Foto: Divulgação

Nico Nicolaiewsky morreu aos 56 anos

Nico Nicolaiewsky morreu aos 56 anos

O ator, músico e compositor Nico Nicolaiewsky morreu nesta sexta-feira (7), aos 56 anos, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Ele sofria de leucemia e estava internado no Hospital Moinhos de Vento. 

O músico ficou conhecido por interpretar o maestro Pletskaya no espetáculo Tangos & Tragédias, que está em cartaz desde 1984. A apresentação recebeu o prêmio deMelhor Show Popular/2011 pela Associação Paulista de Críticos de Arte.

Nico Nicolaiewsky morreu aos 56 anosNico Nicolaiewsky morreu aos 56 anos

Nelson Nicolaiewsky, seu nome de batismo, nasceu no dia 9 de junho de 1957, em Porto Alegre. Ele começou a estudar piano aos 13 anos de idade. Nos anos 70, foi um dos fundadores do Saracura, importante grupo de música do Rio Grande do Sul, que teve apenas um LP lançado.

Em 1984, criou a comédia Tangos & Tragédias ao lado de Hique Gomez. Em 1996, lançou o álbum solo Nico Nicolaiewsky e, seis anos mais tarde, o CD As Sete Caras da Verdade. Em 2007, veio o terceiro disco, Onde Está o Amor?.

Nico era casado com a atriz Márcia do Canto, com quem teve uma filha, Nina Nicolaiewsky, de 21 anos.

Comentários


  • Seja o primeiro a comentar.

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.