Primo de Cícero Ferro diz que ex-deputado atirou antes - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Política

Primo de Cícero Ferro diz que ex-deputado atirou antes

Zé Nilton afirma que Cícero Ferro quer se passar por inocente

/ Tribuna Independente 25 Fevereiro de 2014 - 07:55

Foto: Roberto Baía

Zé Nilton está fora de Alagoas. Em sua defesa, garante que a emboscada teria sido uma farsa

Zé Nilton está fora de Alagoas. Em sua defesa, garante que a emboscada teria sido uma farsa

Um dia antes de sentar no banco dos réus e ir a julgamento pela tentativa de assassinato do primo e ex-deputado estadual Cícero Ferro, o fazendeiro José Ilton Cardoso Ferro, conhecido como ‘Zé Nilton’, fez revelações exclusivas à reportagem da Tribuna Independente acerca do tiroteio ocorrido há mais de dez anos, na cidade de Minador do Negrão, distante 169 quilômetros de Maceió.

Zé Nilton está fora de Alagoas, e em sua defesa, garante que a emboscada teria sido uma farsa, previamente montada em janeiro de 2004, pelo grupo de Cícero Ferro, para tentar incriminar ele e seus filhos.

“A sociedade alagoana sabe apenas de uma versão dos fatos, mas agora estou revelando o que realmente aconteceu naquele dia, declarou o fazendeiro. Cícero não aceitava minha candidatura e já havia feito várias ameaças contra mim e meus familiares. Eu estava viajando com dois vaqueiros por uma estrada, e nos encontramos com ele, que fez o primeiro disparo em direção ao nosso veículo e meus vaqueiros revidaram atirando para me defender”, relatou Zé Nilton.

Em um segundo momento, o fazendeiro lembrou que após a primeira troca de tiros, Cícero Ferro seguiu para Minador do Negrão, onde ocorreu um novo tiroteio. Zé Nilton disse que o ex-deputado foi até a cidade pensando que iria encontrá-lo.

“A versão conhecida é de que meus três filhos estavam na cena da troca de tiros, no entanto, tenho provas de testemunhas e até imagens em vídeo de que meu filho Waldeks estava em uma festa na cidade pernambucana de Bom Conselho. Meu filho Wanderley levou um tiro no punho e quase morreu. Se eu quisesse armar uma emboscada, teria feito isso fora da cidade e não envolveria meus filhos”, salientou Zé Nilton à Tribuna.

O fazendeiro revelou ainda que a quantidade de disparos que atingiram o veículo do ex-deputado estadual também foi outra farsa com o intuito de incriminá-lo e fazer com que ele fosse a vítima da emboscada.

O julgamento está marcado para a manhã desta quarta-feira (26), a partir das 8 horas, no Fórum Desembargador Jairon Maia Fernandes, no Barro Duro, em Maceió.

Leia também:

Cícero Ferro faz campanha por voto em branco em Minador do Negrão

Efeito Taturana: Cícero Ferro apela para não ser preso

Pistoleiros iam matar deputados a mando de Cícero Ferro no Réveillon, diz PF

Comentários


  • kkkkkkkk,me poupe falar que Cicero ferro é homem de bem,esse bandido que bateu na cara de uma moça em praça pulbica,deu uma pissa em outra na frente do pai,mandou batter e corta a orelha de outro homem,matou dois homen de minador e mandou tocar fogo,matou jaco cardoso,o filho de dona nazaré,e varios outros crime...passaria o dia falando desse bandido,só resolve as coisa matando,como mesmo envadiu o jornal e falou,querem chicote ou pistola,esse é homem bonzinho?Por favor,ele é um mostro.

    bruna santos em 26/02/2014 as 11:49

    kkkkkkkk,me poupe falar que Cicero ferro é homem de bem,esse bandido que bateu na cara de uma moça em praça pulbica,deu uma pissa em outra na frente do pai,mandou batter e corta a orelha de outro homem,matou dois homen de minador e mandou tocar fogo,matou jaco cardoso,o filho de dona nazaré,e varios outros crime...passaria o dia falando desse bandido,só resolve as coisa matando,como mesmo envadiu o jornal e falou,querem chicote ou pistola,esse é homem bonzinho?Por favor,ele é um mostro.

    bruna santos em 26/02/2014 as 11:49

    Esse bandido chamado Zé Nilton e sua famíliazinha medíocre já fizeram muita gente sofrer inclusive eu, quem não se lembra da pisa de fueiro de carro de boi que ele deu no Toshiba, a morte do vereador Vaca Véia, a quase morte do rapaz pelo qual não vou citar o nome que foi vitima de uma pisa de corrente de trator e tiros na cabeça e graças ao bom Deus sobreviveu e está ai pra contar a história, a morte de de um rapaz no povoado de santa rosa com quase 50 tiros. E sinceramente nunca vi "legítima defesa" um carro levar mais de 150 tiros com 12 bandidos atirando em dois homens de bem! #ficaadica e está tudo entregue na Mão de Deus! Eu confio na justiça de Deus e espero que a dos homens faça a sua parte!

    Já sofri com ele! em 25/02/2014 as 15:01

    Sou de Minador do Negrão e aqui sabemos que Zé Nilton e seus familiares são pessoas de bem, pecuaristas que sempre viveram do seu trabalho. Já esse Ferro sempre foi violento e todos na cidade tem medo dele! Estamos com a família Cardoso!

    Paula Gomes em 25/02/2014 as 11:24

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.