Canarinho, humorista do programa 'A praça é nossa', morre aos 86 anos - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas
  • Alagoas, de 2014
Brasil

Canarinho, humorista do programa 'A praça é nossa', morre aos 86 anos

Ele sofreu infarto agudo do miocárdio no domingo (16) e estava internado

G1 21 Março de 2014 - 15:29

Foto: Divulgação / SBT

O humorista Aloísio Ferreira Gomes, conhecido como Canarinho, em 2005

O humorista Aloísio Ferreira Gomes, conhecido como Canarinho, em 2005

Morreu o humorista Canarinho, conhecido pelo programa "A praça é nossa". A morte foi confirmada pela assessoria do SBT.

Aloísio Ferreira Gomes, de 86 anos, morreu no início da tarde desta sexta-feira (21). Ele sofreu um infarto agudo do miocárdio no domingo (16), e estava internado no Hospital Santana, em Mogi das Cruzes (SP).

O comediante nasceu em Salvador e começou a atuar aos 17 anos. Trabalhou no rádio, cinema e televisão. Em 1987, ganhou destaque como o personagem Canarinho no programa "A praça é nossa", do SBT. Em suas participações no humorístico, Canarinho costumava usar o telefone próximo de outras pessoas, falando alto. Ele se intrometia nas conversas alheias, e sempre tinha que correr para não apanhar no final da esquete.

"Lamentamos a perda do humorista e deixamos nossos sentimentos aos familiares, amigos, admiradores e colegas de trabalho de Canarinho", disse a emissora, por meio de comunicado divulgado para a imprensa. O corpo do humorista será cremado. Ainda não há informações sobre velório.

Comentários


  • Seja o primeiro a comentar.

    Escreva

    O Tribuna Hoje coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

    Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, envie um e-mail para denuncie@tribunahoje.com.

    Digite o código abaixo para enviar seu comentário.